Info

Jazz e KeiyaA são destaques na programação estival do gnration em Braga

| Norte
Porto Canal com Lusa

Braga, 09 jun 2021 (Lusa) - Jazz, uma nova exposição de Mark Fell e Rian Treanor e apresentações de novos discos de Rui Reininho e Gala Drop são algumas das propostas para o verão no gnration, em Braga, hoje anunciadas.

Em comunicado, o gnration avança ainda que, em 28 de novembro, acolherá a estreia em Portugal da norte-americana KeiyaA, que apresentará na cidade o seu disco de estreia, "Forever, Ya Girl", editado em 2020.

Um dos destaques da programação de verão é a sétima edição do ciclo "Julho é de Jazz", que será dividida por duas vésperas de fim de semana.

A 08 e 09 de julho, atuam, respetivamente, a trompetista Jaimie Branch e a guitarrista Mary Halvorson, ambas norte-americanas.

Já a véspera do fim de semana seguinte será totalmente dedicada ao jazz nacional.

No dia 15, o saxofonista Ricardo Toscano mostrará a sua paixão por John Coltrane com "A Love Supreme", e, no dia seguinte, o trompetista Luís Vicente convida o contrabaixista britânico John Edwards, a quem ainda juntará o saxofonista norte-americano John Dikeman e o baterista holandês Onno Goevart.

Ainda no jazz, o centro cultural bracarense receberá, no dia 03 de julho, a portuguesa Sara Serpa, no âmbito da sétima edição da iniciativa "De que falamos quando falamos de racismo", um ciclo de conversas e cinema que coloca em debate o racismo e a discriminação racial.

Sara Serpa apresentará o filme-concerto "Recognition: Music For a Silent Film", um documentário experimental que parte dos arquivos da sua família, e procura traçar o legado histórico do colonialismo português em África.

No programa expositivo, Mark Fel e Rian Treanor apresentam "Inter-Symmetry", uma exposição que dará a conhecer o resultado final do projeto que os dois artistas têm levado a cabo com utentes da CERCI Braga e um grupo de estudantes de artes visuais da Universidade do Minho.

O trabalho foi desenvolvido à distância, durante a pandemia, através de sessões 'online', e apresenta abordagens inovadoras nos domínios da música e da criação de som em contexto de afastamento social.

A exposição poderá ser visitada, gratuitamente, de 15 de julho a 25 de setembro.

Em agosto, o cinema volta a ocupar o pátio exterior do gnration, nas noites de quinta-feira, com sessões ao ar livre e de entrada gratuita.

A 05, 12, 19 e 26, o "Cinema no Pátio" apresenta, respetivamente, "A Máquina de Matar Pessoas Más", de Roberto Rossellini, "Até Nunca", de Benoit Jacquot, "Esplendor", de Naomi Kawase, e "Caro Diário", de Nanni Moretti.

Também durante o mês de agosto, o gnration acolherá, dentro de portas, um conjunto de residências artísticas dos projetos vencedores da edição deste ano dos "Laboratórios de Verão".

As residências artísticas culminam com uma apresentação pública, a decorrer em diferente espaços interiores do gnration, durante o dia de 04 de setembro.

Em setembro, a música volta ao palco do gnration com a apresentação, no dia 11, de "20.000 Éguas Submarinas", o novo trabalho em nome próprio de Rui Reininho, vocalista dos GNR.

A encerrar o programa do trimestre julho-setembro, os lisboetas Gala Drop regressam ao gnration para antecipar em palco um novo disco, que irá pôr fim a um interregno discográfico de vários anos.

VCP // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

A diferença de tratamento face a Lisboa, a incapacidade de Vladimiro Feliz, o regresso do Selminho e muito Porto. O essencial da entrevista de Rui Moreira

Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, afirmou em entrevista exclusiva ao Porto Canal que se a proposta do 'drive thru' do Queimódromo, no Porto, para acelerar a vacinação contra a Covid-19 na região, fosse em Lisboa, ou se a Câmara fosse socialista, "já estaria a funcionar". Na primeira entrevista como candidato à autarquia portuense, Moreira disse que Vladimiro Feliz (candidato do PSD) "não apresenta uma proposta para a cidade" e que apenas vê o candidato social democrata a ter atos de "ventriloquismo" visto que apenas "diz o que o patrãp (Rui Rio) manda".

Dezenas de jovens com cerca de 20 anos foram vacinados contra a Covid-19 indevidamente no Porto. Task Force garante que não deveria ter acontecido

Vários jovens na casa dos 20 anos foram vacinados, esta quinta-feira, no Centro de Vacinação do Cerco, no Porto. A Task Force garante que isto não deveria ter acontecido. A vacinação aberta foi promovida nas redes sociais pela Junta de Freguesia, que diz ter recebido indicações das autoridades de saúde do Porto Oriental.

Atraso na vacinação cria longas filas de espera no Centro de Vacinação do Regimento de Transmissões do Exército na Circunvalação, Porto

O Centro de Vacinação do Regimento de Transmissões do Exército na Circunvalação, no Porto, está com longas filas de espera, segundo apurou o Porto Canal.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.