Info

Ex-autarca de Caminha absolvida de prevaricar na contratação de funcionários

Ex-autarca de Caminha absolvida de prevaricar na contratação de funcionários
| Norte
Porto Canal com Lusa

O tribunal de Viana do Castelo absolveu hoje a ex-presidente da Câmara de Caminha e outros 19 arguidos acusados de 10 crimes de abuso de poder e prevaricação em concursos para contratação de funcionários com vencedores anunciados.

A juíza que julgou este caso sublinhou que, em sede de julgamento, não foi produzida prova para sustentar os crimes de que vinha acusada a ex-autarca do PSD e os restantes arguidos.

No final, em declarações aos jornalistas, Isabel Vellozo Ferreira, advogada da ex-autarca, disse ter-se feito "justiça num caso que teve como base denúncias anónimas e em que, mais uma vez, porque Júlia Paula Costa esteve envolvida num outro processo em que também foi absolvida, também não se fez prova de qualquer dos factos que constavam da acusação publica".

"Este foi um processo de perseguição política, apenas com base em ruído e não mais do que isso. Quando um processo é assente em ruído ele tem de desmoronar, mas lamentavelmente, neste entretanto os arguidos sofreram nas suas vidas pessoais e isso é inadmissível", referiu Isabel Vellozo Ferreira.

+ notícias: Norte

A diferença de tratamento face a Lisboa, a incapacidade de Vladimiro Feliz, o regresso do Selminho e muito Porto. O essencial da entrevista de Rui Moreira

Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, afirmou em entrevista exclusiva ao Porto Canal que se a proposta do 'drive thru' do Queimódromo, no Porto, para acelerar a vacinação contra a Covid-19 na região, fosse em Lisboa, ou se a Câmara fosse socialista, "já estaria a funcionar". Na primeira entrevista como candidato à autarquia portuense, Moreira disse que Vladimiro Feliz (candidato do PSD) "não apresenta uma proposta para a cidade" e que apenas vê o candidato social democrata a ter atos de "ventriloquismo" visto que apenas "diz o que o patrãp (Rui Rio) manda".

Dezenas de jovens com cerca de 20 anos foram vacinados contra a Covid-19 indevidamente no Porto. Task Force garante que não deveria ter acontecido

Vários jovens na casa dos 20 anos foram vacinados, esta quinta-feira, no Centro de Vacinação do Cerco, no Porto. A Task Force garante que isto não deveria ter acontecido. A vacinação aberta foi promovida nas redes sociais pela Junta de Freguesia, que diz ter recebido indicações das autoridades de saúde do Porto Oriental.

Atraso na vacinação cria longas filas de espera no Centro de Vacinação do Regimento de Transmissões do Exército na Circunvalação, Porto

O Centro de Vacinação do Regimento de Transmissões do Exército na Circunvalação, no Porto, está com longas filas de espera, segundo apurou o Porto Canal.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.