Covid-19: China com 11 novos casos

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 30 mai 2021 (Lusa) - A China detetou 11 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, todos provenientes do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país.

Os casos foram diagnosticados em viajantes na cidade de Xangai (leste) e nas províncias de Fujian (sudeste), Guangdong (sudeste), Mongólia Interior (norte), Sichuan e Shaanxi (ambas no centro).

Segundo a Comissão de Saúde da China, o total de casos ativos é de 319, quatro dos quais em estado grave.

Desde o início da pandemia, o país registou 91.072 casos da doença e 4.636 mortos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.524.960 mortos no mundo, resultantes de mais de 169,3 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.023 pessoas dos 848.213 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PTA // PTA

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Julho foi dos meses mais quentes jamais registados no mundo

O mês passado foi um dos julhos mais quentes jamais registados no mundo, indicou, esta terça-feira, a Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência especializada da Organização das Nações Unidas (ONU) com sede em Genebra.

China detecta 35 casos humanos de um novo vírus de origem animal

Um estudo científico revelou a deteção em duas províncias da China de 35 infeções em seres humanos de um novo vírus de origem animal, da família dos Henipavírus, informou esta terça-feira a imprensa estatal do país asiático.

Fornecimento de petróleo russo via Ucrânia foi interrompido

As entregas de petróleo russo a três países europeus através da Ucrânia foram interrompidas após a recusa de uma transação bancária ligada às sanções contra Moscovo, anunciou hoje a empresa russa responsável pelo transporte.