Info

Covid-19: Reino Unido pelo quarto dia consecutivo abaixo de 10 mortes

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Londres, 18 mai 2021 (Lusa) - O Reino Unido registou a morte de sete pessoas de covid-19 nas últimas 24 horas, o quarto dia consecutivo abaixo de 10, e 2.412 novos casos, de acordo com os últimos dados do Governo britânico. 

Nos últimos sete dias, entre 12 e 18 de maio, a média diária foi de nove mortes e 2.211 casos, o que corresponde a uma descida de 27,9% no número de mortes e de 2,6% no número de infeções relativamente aos sete dias anteriores.

Desde dezembro foram imunizadas 36.811.405 pessoas com uma primeira dose de uma vacina contra a covid-19, o que corresponde a 69,9% da população adulta. 

Além disso, 20.546.452 pessoas, ou 39% da população adulta, já receberam também a segunda dose.

Desde o início da pandemia, foram notificados 127.691 óbitos de covid-19 num total de 4.450.392 infeções confirmadas no país, valor atualizado em baixa devido à introdução de um novo sistema.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.391.849 mortos no mundo, resultantes de mais de 163,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.011 pessoas dos 842.767 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

BM // PMC

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Jovens entre os 12 e os 18 anos estão impedidas de ir às aulas e professor pede ajuda internacional no Afeganistão

Quase quatro milhões de crianças, entre os 12 e os 18 anos, estão impedidas de ir à escola, no Afeganistão e, um professor pede ajuda internacional a pedir que instituições de todo o mundo possam dar-lhes aulas online para que consigam continuar a estudar.

Covid-19: Bolsonaro diz não ter culpa de 'absolutamente nada' na pandemia

São Paulo, 20 out 2021 (Lusa) -- O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, garantiu hoje que ele e o seu Governo não têm culpa de "absolutamente nada" em relação ao agravamento da pandemia no país, que já matou mais de 603.855 mil brasileiros e infetou outros 21,6 milhões.

Guiné-Conacri defende reforço da cooperação com a Guiné-Bissau

Bissau, 20 out 2021 (Lusa) -- O Presidente de transição da Guiné-Conacri, o coronel Mamadi Doumbouya, defendeu hoje um reforço da cooperação com a Guiné-Bissau no âmbito de uma visita que o chefe de Estado guineense, Umaro Sissoco Embaló, efetuou ao país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS