Info

SEF/Ihor: Inspetores condenados a nove e sete anos de prisão

SEF/Ihor: Inspetores condenados a nove e sete anos de prisão
| País
Porto Canal com Lusa

Os três inspetores do SEF acusados do homicídio do ucraniano Ihor Homeniuk, em março de 2020, foram hoje condenados a nove e sete anos de prisão, pelo crime de ofensa à integridade física grave qualificada, agravada pela morte.

Os arguidos Duarte Laja e Luís Silva foram condenados a nove anos de prisão, enquanto Bruno Sousa recebeu como sentença sete anos de prisão. O tribunal não deu como provada a acusação de homicídio qualificado, tendo também deixado cair a acusação de posse de arma ilegal (bastão extensível) que pendia sobre os dois primeiros inspetores.

No entanto, na leitura do acórdão, o juiz Rui Coelho não deixou de considerar que "a morte de Ihor Homeniuk foi consequência direta da conduta dos arguidos e que tinham o dever de agir de forma diferente".

O tribunal decidiu também extrair certidão para se investigar o comportamento dos vigilantes e dos outros inspetores envolvidos na situação e com funções de coordenação.

"Todos aqueles que acharam por bem controlar Ihor amarrando-o como uma embalagem, todos aqueles com funções de chefia, por tudo isto adiante se extrai certidão do presente acórdão para investigação dos vigilantes do turno da noite, dos vigilantes do turno do dia, dos inspetores que nada fizeram para o assistir, dos inspetores do SEF com coordenação e chefia que deram ordem e que não cuidaram de saber", frisou.

+ notícias: País

DGS confirma que há seis surtos em lares de idosos em Portugal

                                                    

Perto de três milhões de portugueses com vacinação completa contra a Covid-19

Perto de três milhões de portugueses, o equivalente a 29% da população, tem a vacinação completa contra a covid-19, tendo sido administradas mais de 720 mil doses na última semana, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Portugal com seis mortes, 1.020 casos e mais de 100 internados em cuidados intensivos por Covid-19

Portugal registou nas últimas 24 horas seis mortes associadas à covid-19, 1.020 novos casos de infeções confirmadas pelo coronavírus SARS-CoV-2 e um novo aumento nos internamentos, ultrapassando hoje os 100 nos cuidados intensivos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.