Info

Morreu José Festas, defensor das condições de segurança dos pescadores

| Norte
Porto Canal com Lusa

José Festas, presidente da Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar (APMSHM), instituição ligada às condições de segurança dos profissionais da pesca, morreu hoje, aos 58 anos, vítima de doença, revelou à Lusa fonte da associação.

O pescador e dirigente associativo tinha sofrido um problema de saúde em novembro do ano passado, estando desde então hospitalizando, acabando hoje por não resistir.

José Festas liderava os destinos da APMSHM há quase 14 anos, desde que a instituição foi criada, em 17 de maio de 2007, lutando pela implementação de medidas de proteção no trabalho de armadores, pescadores e outros profissionais ligados à vida do mar.

Popularmente apelidado de 'mestre Festas', o pescador natural de Vila do Conde, viu a associação que liderava ser agraciada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o título honorário da Ordem de Mérito, em 2017, pela defesa das causas dos pescadores.

A nível local, José Festas foi distinguido por duas vezes pelo município de Vila do Conde, com a Medalha de Mérito Singular e depois com a Medalha de Mérito ao Associativismo, tendo a Câmara de Vila do Conde reagido hoje com "profundo pesar" à sua morte e recordando o legado deixado.

"O município enaltece a sua profícua ação em prol de melhores condições e segurança no trabalho de armadores, pescadores e outros profissionais ligados à vida do mar, lutando pela consequente implementação de medidas de segurança concretas junto das entidades competentes. O Executivo Municipal apresenta a toda a família os seus mais sentidos pêsames", pode ler-se numa nota publicada pela autarquia.

+ notícias: Norte

Movimento Terra de Miranda diz que compensações do Governo pela venda das barragens à Engie são "mera propaganda"

Movimento Terra de Miranda diz que compensações do Governo pela venda das barragens à Engie são "mera propaganda"

Cerca de 40 pais contestam fecho de creche e pré-escolar de Cedofeita no Porto

Cerca de 40 de encarregados de educação contestaram hoje o encerramento, a 31 de julho, das valências de creche e pré-escolar do Centro Social Paroquial de Cedofeita, no Porto, afirmando que ficam sem “onde colocar os filhos”.

Hotel projetado para Mesão Frio com Declaração de Impacte Ambiental desfavorável

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN) emitiu uma Declaração de Impacto Ambiental (DIA) desfavorável ao hotel que o empresário Mário Ferreira pretende construir na Rede, em Mesão Frio, distrito de Vila Real.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m