Info

Detidas em flagrante cinco pessoas com 11 pontas de marfim no centro de Moçambique

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Maputo, 04 mai 2021 (Lusa) - O Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) de Moçambique deteve cinco pessoas em flagrante quando pretendiam vender 11 pontas de marfim, na província de Tete, no centro do país, disse hoje à Lusa fonte policial.

"A detenção foi possível através de uma denúncia da Administração Nacional de Áreas de Conservação (ANAC). Um dos nossos agentes fez-se passar por comprador e detivemos os homens em flagrante, no domingo", disse Celina Roque, porta-voz do Sernic em Tete.

Segundo a fonte, o primeiro grupo, de três pessoas, foi detido na cidade de Tete com quatro pontas de marfim e o segundo grupo, de duas pessoas, foi detido na vila de Chitima, no distrito de Cahora Bassa, com sete pontas de marfim, uma pele de leopardo e um esqueleto de pangolim.

"Não conhecemos a proveniência dos animais abatidos", disse Celina Roque, acrescentando que os produtos apreendidos foram entregues a ANAC.

A caça furtiva em Moçambique tem sido uma grave ameaça à vida selvagem no país, tendo reduzido drasticamente algumas espécies, segundo dados oficiais.

De acordo com os últimos dados da ANAC, desde 2009, o país perdeu pelo menos dez mil elefantes e, só na Reserva do Niassa, com uma extensão de 42.400 quilómetros quadrados, o número total desta espécie passou de 12.000 para 4.400 em três anos (entre 2011 e 2014).

Relatórios mais recentes indicam que o país perdeu, entre 2011 e 2016, 48% da população de elefantes.

LYN // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

União Europeia assina contrato com a Pfizer para comprar 1,8 mil milhões de doses de vacinas

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou hoje um novo contrato para comprar até 1,8 mil milhões de doses de vacinas contra a covid-19 da BioNTech-Pfizer, até 2023.

Cidadãos marroquinos forçam entrada em Ceuta pelas praias

Ceuta, Espanha, 18 mai 2021 (Lusa) - A fronteira de Tarajal, que separa o território autónomo espanhol de Ceuta do reino de Marrocos, registou novas entradas de cidadãos marroquinos "por mar" tendo o exército de Espanha mobilizado efetivos para o local.   

Médio Oriente: Sobe para 58 mil número de palestinianos deslocados

Jerusalém, 18 mai 2021 (Lusa) -- As ofensivas de segunda-feira elevaram para 58.000 o número de palestinianos deslocados, após mais de uma semana de confrontos entre milícias e Israel, informou hoje a Organização das Nações Unidas (ONU).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m