Info

Índice de transmissibilidade (Rt) e incidência voltam a descer em Portugal

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 03 mai 2021 (Lusa) - O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal desceu hoje para 0,96 assim como a incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias que é agora de 64,4 segundo dados hoje divulgados.

Os números anteriores destes indicadores, divulgados na sexta-feira, indicavam um Rt de 0,98 e uma incidência de 66,9 casos por 100.000 habitantes.

No boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral de Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) divulgado hoje, os números relativos apenas a Portugal continental revelam que o Rt também desceu de 0,98 para 0,96 sendo também registada uma descida de 64,3 para 62,0 em relação ao valor médio de novos casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias.

Estes indicadores -- o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de covid-19 -- são os dois critérios definidos pelo Governo para a avaliação continua que está a ser feita do processo de desconfinamento que se iniciou a 15 de março.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.203.937 mortos no mundo, resultantes de mais de 152,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.977 pessoas dos 837.457 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

GC // ZO

Lusa/Fim

+ notícias: País

Portugal regista três mortes e o maior número de casos desde fevereiro. 1.497 novos casos de infeções por Covid-19

Portugal registou nas últimas 24 horas três mortes associadas à covid-19, 1.497 novos casos de infeções confirmadas, o maior número desde 24 de fevereiro, e uma diminuição nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos.

CEO da Ryanair afirma que "apoio à TAP não é investimento mas 'impostos deitados na sanita' da companhia" 

O presidente da Ryanair, Michael O'Leary, defendeu hoje que o apoio estatal à TAP não é um investimento, mas sim impostos cobrados aos contribuintes "deitados na sanita" da companhia aérea e acusou o ministro Pedro Nuno Santos de dizer "falsidades".

Incidência ultrapassa os 120 casos por 100 mil habitantes em todo o território

A incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal continental subiu para 129,6 casos por 100.000 habitantes e na totalidade do território que se situa agora nos 128,6, revelam dados oficiais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS