Info

Incêndios: Empresa russa está fazer "diligência técnica" a helicópteros Kamov

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 abr 2021 (Lusa) -- O ministro da Administração Interna disse hoje que representantes da empresa russa estão neste momento em Portugal para fazer "uma diligência técnica" aos seis helicópteros Kamov comprados pelo Estado em 2006 e que estão parados há vários anos.

"Neste momento está a ser feita uma diligência técnica com a presença em Portugal dos representantes da empresa fabricante" disse Eduardo Cabrita, na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantia.

Em resposta ao deputado do PSD Duarte Marques, o ministro avançou que esta perícia que está a ser feita pelo fabricante russo foi solicitada pelo Ministério da Defesa Nacional.

Sobre o futuro destes aparelhos, o ministro remeteu uma resposta para a Força Aérea, entidade que tem a responsabilidade dos meios aéreos de combate a incêndios desde 2018.

"Cabe em última análise à Força Aérea decidir", sustentou.

Dos seis Kamov do Estado, um está acidentado desde 2012, outros dois estão para reparação desde 2015 e os restantes três estão inoperacionais desde o início de 2018.

CMP // ZO

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

União Europeia assina contrato com a Pfizer para comprar 1,8 mil milhões de doses de vacinas

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou hoje um novo contrato para comprar até 1,8 mil milhões de doses de vacinas contra a covid-19 da BioNTech-Pfizer, até 2023.

Moçambique: Atraso nos projetos dificulta pagamento da dívida - Consultora

Londres, 14 mai 2021 (Lusa) - A consultora Capital Economics considerou hoje que o atraso nos projetos de gás em Moçambique vão tornar "complicado" o pagamento dos juros da dívida soberana a partir de 2023, aumentando o risco de novo Incumprimento Financeiro.

Covid-19: Casos em Itália cai para 7.567 infetados e 182 mortos num dia

Roma, 14 mai 2021 (Lusa) - A Itália registou 7.567 infetados por covid-19 e 182 mortos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, num dia em que foi superada a fasquia de 8 milhões de pessoas imunizadas com as duas doses de vacina.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m