Info

Concerto dos Iron Maiden em Portugal volta a ser adiado para 2022

| País
Porto Canal com Lusa

Oeiras, Lisboa, 13 abr 2021 (Lusa) - O concerto que os britânicos Iron Maiden iriam dar em junho deste ano, no Estádio Nacional, no concelho de Oeiras, foi adiado para 31 de julho de 2022, revelou hoje a promotora.

"Lamentamos anunciar que as datas de junho e julho da 'Iron Maiden - Legacy of the Beast Tour 2021' foram adiadas devido à contínua renovação de restrições, impostas pela pandemia da covid-19, aos espetáculos ao vivo e às viagens", afirma a banda em comunicado divulgado pela promotora.

É a segunda vez que o concerto dos Iron Maiden em Portugal é adiado. Esteve inicialmente marcado para 23 de julho de 2020, foi reagendado para 21 de junho de 2021 e é agora calendarizado para 31 de julho de 2022, por causa da pandemia da covid-19.

Segundo a promotora, os bilhetes já adquiridos mantêm-se válidos para a nova data, que contará ainda com a atuação dos Within Temptation e de Airbourne.

O concerto em Portugal faz parte de uma digressão internacional em grandes recintos ou em contexto de festival e que, reagendada, conta com datas em países como Noruega, Suécia, Polónia, Alemanha, França, Holanda e Espanha.

Fundados em meados da década de 1970, os britânicos Iron Maiden têm sido presença recorrente em Portugal, tendo o baixista Steve Harris chegado a ter um bar em Faro durante mais de 20 anos. A banda foi até cabeça de cartaz da edição de 2011 da Concentração de Motos da capital algarvia.

O primeiro disco com Bruce Dickinson na voz, "The Number of the Beast" (1982), projetou-os em definitivo para a linha da frente do género musical, sendo autores de múltiplos clássicos dentro do metal como "Somewhere in Time" e "Fear of the Dark".

SS/(TDI) // MAG

Lusa/fim

+ notícias: País

Ajuntamento de adeptos do Sporting: António Ferreira pede demissão da Diretora Geral da DGS e Ministros da Saúde e Administração Interna

Ajuntamento de adeptos do Sporting: António Ferreira pede demissão da Diretora Geral da DGS e Ministros da Saúde e Administração Interna

Incêndio obriga a retirar 500 pessoas do edifício da Segurança Social de Viseu

Cinco centenas de pessoas foram hoje à tarde retiradas do edifício da Segurança Social de Viseu devido a um incêndio, que não provocou vítimas, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

Uma morte, 268 novos casos de Covid-19 e redução de internamentos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 268 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, e nova redução nos internamentos em enfermaria e em cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m