Info

Impacto do encerramento das fronteiras em Chaves

| Norte
Porto Canal

As fronteiras entre Portugal e Espanha estão fechadas há cerca de dois meses. Em Chaves, esta semana, comemora-se a ‘Semana Santa’ onde os espanhóis consumiam no comércio português, o que aumenta o impacto negativo económico que Portugal tem sofrido com este fecho. “Os espanhóis vinham almoçar, explorar e consumir”, afirma o Vice-presidente da Câmara Municipal de Chaves, Francisco Melo.

A fronteira de Chaves é um exemplo de uma da passagem para Espanha que continua fechada.

O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Chaves, Francisco Melo, diz que “nesta altura da Páscoa, a cidade de Chaves lucrava muito com as pessoas flavienses que habitam noutras zonas do país e visitavam os seus familiares, bem como com os espanhóis que aproveitavam esta altura para visitar o país, acrescenta ainda que “não parece Páscoa, as ruas estão desertas o que causa um sentimento de tristeza.” Francisco Melo, explica também que “esta era a época festiva em que todos se reuniam”.

“O comércio e o alojamento são setores extremamente afetados" e um exemplo disso é “o facto de o alojamento registar sempre taxas acima dos 95%. Atualmente a maioria deles nem está a aceitar reservas”, indica o Vice-presidente da Câmara Municipal de Chaves.

O representante da Câmara Municipal de Chaves, em declarações ao Porto Canal, referiu que “um dos focos turísticos de Chaves são as termas e ainda continuam fechadas, sem permissão de abertura.”

O Vice-presidente, aponta para a “repercussão negativa que o turismo português sofreu e continua a sofrer”.

+ notícias: Norte

Jovem de 23 anos em estado grave após violenta colisão em Barcelos

Uma violenta colisão entre dois veículos ligeiros provocou um ferido grave, um jovem de 23 anos, e um ferido ligeiro, ao início da noite desta terça-feira, em Barqueiros, Barcelos, apurou o Porto Canal junto das autoridades.

Ponte móvel em Matosinhos reabre hoje após mais de um mês em manutenção

A ponte móvel de Leixões, em Matosinhos, encerrada ao trânsito automóvel e pedestre desde dia 30 de março, reabre hoje às 18:00, anunciou a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

Porto Design Biennale quer colocar sociedade a pensar noutras realidades

Porto Design Biennale quer colocar sociedade a pensar noutras realidades

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m