Info

Covid-19: Estados Unidos contam 2.306 mortos e 70.691 casos em 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 24 fev 2021 (Lusa) - Os Estados Unidos registaram 2.306 mortos causados pela covid-19 nas últimas 24 horas, e 70.691 casos, indicou na segunda-feira a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

Desde o início da pandemia, o país acumulou 502.482 óbitos e 28.256.160 casos da doença.

Os Estados Unidos são o país com mais mortes devido à covid-19 e também com mais casos de infeção.

O Presidente norte-americano, Joe Biden, estimou que a doença venha a causar mais de 600 mil mortos ao todo, no país.

Por seu lado, o Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington, em cujos modelos de projeção a Casa Branca se baseia com frequência, previu cerca de 615 mil mortos até junho.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.474.437 mortos no mundo, resultantes de mais de 111 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.086 pessoas dos 799.106 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

EJ // EJ

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

União Europeia assina contrato com a Pfizer para comprar 1,8 mil milhões de doses de vacinas

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou hoje um novo contrato para comprar até 1,8 mil milhões de doses de vacinas contra a covid-19 da BioNTech-Pfizer, até 2023.

Covid-19: BioNTech confiante na eficácia de sua vacina contra a variante indiana

O fundador e diretor do laboratório BioNTech, Ugur Sahin, disse hoje estar "confiante" na eficácia da sua vacina, desenvolvida com o grupo americano Pfizer, contra a variante indiana da covid-19.

Pelo menos 50 pessoas hospitalizadas após confrontos com a polícia em Jerusalém

Jerusalém, 10 mai 2021 (Lusa) - Pelo menos 50 palestinianos foram hoje hospitalizados depois de confrontos com a polícia israelita na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém Oriental, segundo fontes médicas locais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Zoom Zoom Z o o m