Covid-19: Portugal deixa de ter maior média de novos casos mas continua com mais mortes

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 08 fev 2021 -- Portugal deixou de ser o país com mais novos contágios pelo novo coronavírus por milhão de habitantes nos últimos sete dias, mas continua à frente no número de mortos, segundo os números do 'site' estatístico Our World in Data.

Portugal era hoje o sétimo país do mundo de alguma dimensão com mais novos casos por dia confirmados por milhão de habitantes (344), superado por Israel (753), República Checa (454), Peru (414), Albânia (390), Brasil (364) e Bahrain (362).

Na segunda-feira passada, no mesmo 'site', Portugal apresentava uma média de 1.142 novos casos diários por milhão nos últimos sete dias.

Quanto à média diária de mortes por milhão de habitantes, Portugal continua no topo da lista, com 20 novos óbitos diários por milhão.

Abaixo estão Eslováquia (11,4), Peru (11,4), República Checa (9,9), Líbano (7,9) e Brasil (7,1).

Na semana passada, Portugal estava com uma média diária de novas mortes por milhão de habitantes de 29,7, segundo o Our World in Data, que recorre a dados compilados pela universidade norte-americana Johns Hopkins.

Descontando os números de pequenos territórios como San Marino, Luxemburgo, Andorra e Montenegro, que tem menos de um milhão de habitantes, Portugal é agora o sexto país do mundo em número total de casos por milhão de habitantes (75.064), numa lista encabeçada pela República Checa (96.645).

No que toca ao número global de mortes por milhão de habitantes, Portugal é o oitavo país com mais de um milhão de habitantes a surgir na lista, com 1.388 mortes. A Bélgica, com 1.845 mortes por milhão de habitantes, lidera este indicador.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.316.812 mortos no mundo, resultantes de mais de 106 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 14.354 pessoas dos 767.919 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

APN // HB

Lusa/fim

+ notícias: País

TAP vai procurar manter a atual frota automóvel até mais um ano

A Comissão Executiva da TAP informou esta quinta-feira, em comunicado, que vai procurar manter a atual frota automóvel pelo período máximo de um ano, por compreender o “sentimento geral dos portugueses”, após polémica sobre carros de luxo.

Consequências afetam mais famílias de menores rendimentos

O Banco de Portugal (BdP) alerta que a inflação tem consequências mais severas para as famílias de menores rendimentos do que as de rendimento mais elevado, uma vez que para as primeiras resulta sobretudo do preço de bens essenciais.

Marcelo saúda proposta face à energia da Comissão como “justa, inteligente e adequada”

O Presidente da República saudou esta quinta-feiraa proposta da Comissão Europeia na área da energia, de reforço aos apoios às empresas e prolongamento das ajudas estatais, classificando-a como “justa, inteligente e adequada”.