Info

Covid-19: Açores passam a exigir teste também ao 12.º dia a quem chega à região

| País
Porto Canal com Lusa

Ponta Delgada, Açores, 28 jan 2021 (Lusa) -- Os Açores vão passar a exigir teste à covid-19 também ao 12.º dia às pessoas provenientes do exterior da região ou que se desloquem de uma ilha com transmissão comunitária para outra ilha, foi hoje anunciado.

"Foi decidido passar a exigir testes aos viajantes que, vindos do exterior da região para a região, ou de uma das ilhas de transmissão comunitária que estejam nos níveis de risco médio ou alto para qualquer uma das outras ilhas dos Açores, e que estejam na ilha de destino por 13 dias ou mais, será obrigatória a realização de teste [à covid-19] ao 12.º dia", anunciou o secretário regional da Saúde e Desporto.

Até agora, quem se deslocava de fora da região para os Açores tinha de chegar com teste negativo à covid-19 e fazer um novo teste ao sexto dia, sendo acrescentado agora um teste ao 12.º dia.

Clélio Meneses, que falava em conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo, adiantou que esta medida, decidida na noite de quarta-feira pelo Conselho do Governo no âmbito da pandemia da covid-19, vigorará a partir de sábado, durante uma semana, altura em que será reavaliada.

Atualmente, São Miguel e Terceira são as únicas duas ilhas de transmissão comunitária.

Contudo, Clélio Meneses adiantou que, ainda que não se verifique transmissão comunitária naquela ilha, o Faial vai passar a ser considerada como ilha de médio risco de transmissão da doença covid-19.

Em resposta à possibilidade de haver já novas variantes do novo coronavírus na região, o governante referiu que isso "não está confirmado", mas admitiu haver "fortes suspeitas da nova variante" já estar em circulação.

"Esta questão do teste de 13.º dia tem também a ver com vermos novas cargas virais", que não são detetadas ao sexto dia, mas acabam por se revelar mais tarde, disse o secretário regional.

Existem atualmente 483 casos ativos da doença na região, sendo 418 em São Miguel, 46 na Terceira, 15 no Faial, dois no Pico, um nas Flores e um no Corvo.

Foram detetados até hoje nos Açores 3.526 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se 25 óbitos e 2.917 recuperações.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.176.000 mortos resultantes de mais de 100 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 11.608 pessoas dos 685.383 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

ILYD // VAM

Lusa/Fim

+ notícias: País

Portugal regista mais 2898 casos de Covid-19 e mais 13 mortes nas úlltimas 24h

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 2.898 casos confirmados de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e 13 mortes atribuídas à covid-19, bem como mais 75 pessoas internadas com a doença, segundo a Direção-Geral da Saúde.

Portugueses retidos em Marrocos pedem voo de repatriamento 

Depois do fecho das fronteiras de Marrocos, várias dezenas de portugueses ficam retidos e, segundo apurou o Porto Canal, pedem um voo de repatriamento. Em declarações ao Porto Canal, os portugueses retidos tentam encontrar soluções, mas muitas delas com custos insuportáveis.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.