Info

Covid-19: Alemanha regista 982 mortes e 13.202 contágios em 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Berlim, 27 jan 2021 (Lusa) - As autoridades sanitárias alemãs comunicaram hoje que morreram 982 pessoas, vítimas de covid-19, e que se registam 13.202 novos contágios, nas últimas 24 horas, de acordo com os dados do Instituto Robert Koch (RKI).  

Na quarta-feira da semana passada, morreram da doença 1.148 pessoas e registaram-se 15.974 novos casos.  

O máximo de contágios na Alemanha ocorreu a 18 de dezembro quando foram somadas 33.777 novas infeções.

Dia 14 de janeiro foi aquele em que morreram mais pessoas de covid-19 desde o início da pandemia: 1.244 mortes em 24 horas.

No total, a Alemanha regista 2.161.279 casos de covid-19 desde o início da pandemia e 53.972 vítimas mortais.

Segundo o RKI, 1.866.000 doentes conseguiram recuperar e o valor de casos ativos situa-se nos 241.600.

No conjunto da Alemanha, a incidência acumulada nos últimos sete dias situa-se nos 101,0 caos por cada 100 mil habitantes.

Na semana passada a incidência acumulada era de 123,5 e as novas infeções somaram 83.957 casos.

O pico da incidência, a nível federal registou-se no passado dia 22 de dezembro, com 197,6 novas infeções por cada 100.000 habitantes, numa semana.

O número de doentes com covid-19 nas unidades de cuidados intensivos (UCI) ascendia na terça-feira a 4.571, dos quais 2.547 precisavam de respiração assistida, de acordo com os dados da Associação Interdisciplinar Alemã de Cuidados Intensivos e Medicina de Urgência.

No último dia registaram-se 53 novos internamentos de doentes com SARS CoV-2 em unidades de cuidados intensivos e 580 saíram da UCI, dos quais 29% corresponde a óbitos, especifica o RKI.

O fator de reprodução (R) que considera as infeções num intervalo de sete dias, situa-se no conjunto da Alemanha em 0,88, o que significa que cada 100 infetados contagiam, em média, 88 pessoas. 

Desde 26 de dezembro, o número de pessoas que receberam a primeira dose da vacina contra o covid-19 na Alemanha ascende a 1.638.425, o que corresponde a uma quota de 2,0% da população, enquanto 283.264 pessoas já foram inoculadas pela segunda vez.

 

PSP // SB

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Nova variante do coronavírus chama-se Omicron e é de preocupação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou hoje como "de preocupação" a nova variante B.1.1.529 do coronavírus que causa a covid-19, detetada pela primeira vez na África do Sul, e designou-a pelo nome Omicron.

Líbia: Tribunal restabelece candidatura de filho de Kadhafi às presidenciais (media)

Tripoli, 02 dez 2021 (Lusa) -- O Tribunal de Recurso de Sabha (sul da Líbia), restabeleceu hoje a aprovação formal da candidatura de Seif al-Islam Kadhafi, filho do antigo ditador Muammar Kadhafi, às eleições presidenciais de 24 deste mês, indicou a imprensa local.

Covid-19: Itália vai começar a vacinar crianças a partir de 16 de dezembro

Roma, 02 dez 2021 (Lusa) -- A Itália vai começar a vacinar crianças entre os cinco e 12 anos contra a covid-19 a partir de 16 de dezembro, anunciou hoje o gabinete do comissário especial designado pelo governo para gerir a pandemia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.