Info

Covid-19: Madeira reporta 85 novos casos e um total de 1.903 ativos

| País
Porto Canal com Lusa

Funchal, Madeira, 24 jan 2021 (Lusa) -- A Madeira registou hoje 85 novos casos de covid-19, totalizando 1.903 situações ativas, 95 doentes recuperados e 78 pessoas internadas no hospital do Funchal, informou a Direção Regional de Saúde.

"Hoje há 85 novos casos positivos a reportar, pelo que a Região Autónoma da Madeira passa a contabilizar 4.395 casos confirmados de covid-19 no território regional" desde o inicio da pandemia, menciona o boletim epidemiológico divulgado pela autoridade regional de saúde.

No mesmo documento, indica que, dos casos ativos reportados, 109 são importados e 1.794 de transmissão local.

Sobre os novos casos hoje confirmados, aquela entidade refere que três são importados (dois provenientes da região de Lisboa e Vale do Tejo e um da Roménia) e outros 82 são de transmissão local, na sua maioria já associados a contactos ou contextos de casos positivos, decorrendo as respetivas investigações epidemiológicas.

Das pessoas em situação ativa, 78 encontram-se internadas no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, (71 em Unidades Polivalentes e sete na Unidade de Cuidados Intensivos dedicada à covid-19), 35 pessoas estão numa unidade hoteleira dedicada e as restantes em alojamento próprio.

Além destes casos, a Direção Regional de Saúde está a estudar a situação de outras 194 pessoas relacionadas com contactos com casos positivos, situações reportadas à linha SRS24 ou ao Serviço Regional de Saúde (SESARAM).

No boletim epidemiológico é também apontado que a linha SRS24 recebeu um total de 33.381 chamadas e a Linha de Apoio Psicológico da Direção Regional da Saúde (291 212 399) contabiliza 2.652 atendimentos até ao momento.

No que diz respeito à vigilância ativa de contactos de casos positivos, a Direção Regional de Saúde complementa que estão a ser acompanhadas 2.285 pessoas nos vários concelhos da Madeira e no Porto Santo.

Também estão a ser avaliados 4.595 viajantes com recurso à aplicação MadeiraSafe neste arquipélago.

Em matéria de realização de testes de PCR para despiste de covid-19 realizados na Madeira, indica que na operação montada nos portos e aeroportos foram feitas 151.708 colheitas até às 17:00 de hoje.

Quanto ao laboratório do SESARAM, processou um total de 264.375 amostras, complementa.

" Até hoje [dia 24 de janeiro de 2021], foram contabilizados na Região Autónoma da Madeira 5.855 casos suspeitos de covid-19, dos quais 1.460 não se confirmaram", pode ler-se no comunicado.

A Direção Regional de Saúde destaca que hoje há mais 95 casos de doentes recuperados, totalizando 2.460 pessoas curadas na região que mantém os 32 óbitos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.121.070 mortos resultantes de mais de 98,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 10.469 pessoas dos 636.190 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

AMB // MCL

Lusa/fim

+ notícias: País

Médico José Eduardo Pinto da Costa morre aos 87 anos

Morreu hoje, aos 87 anos de idade, o médico e professor universitário José Eduardo Pinto da Costa, antigo membro do corpo clínico do FC Porto e irmão do presidente Jorge Nuno Pinto da Costa.

Mais 15 mortes e 5.286 infeções em Portugal por Covid-19

Portugal regista hoje mais 15 mortes por covid-19 e mais 5.286 infeções com o vírus que provoca a doença, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde.

Costa adianta que vacinação contra a Covid-19 em crianças deverá começar pelos 11 anos

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje que a vacinação das crianças deverá "provavelmente" começar pelas que têm 11 anos e, progressivamente, avançar até às de cinco anos, um calendário que será apresentado no final da semana.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.