Info

Covid-19: Itália com mais de 16 mil novos casos e 447 mortes em 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Roma, 15 jan 2021 (Lusa) -- A Itália contabilizou nas últimas 24 horas mais 16.146 novos casos de covid-19 e 447 mortes associadas à doença, em linha com os últimos dias, indicaram as autoridades sanitárias italianas.

No total, desde meados de fevereiro, quando a pandemia chegou ao país, Itália acumulou 2.352.424 casos de contágio, tendo contabilizado também 81.325 mortes.

O aumento do número diário de contágios está em linha com os dados disponibilizados nos últimos dias, embora se tenham feito muito mais testes d diagnóstico -- 273.000 desde quinta-feira, uma vez que agora contabilizam-se também os testes rápidos de antigénios.

Em decréscimo está também o número de pacientes hospitalizados. 

Dos 558.068 casos ativos do novo coronavírus, a grande maioria está assintomática, enquanto 25.363 estão hospitalizados, menos 304 do que quinta-feira, e 2.522 internados em unidades de cuidados intensivos, menos 35 do que no dia anterior.

Por outro lado, Itália está a prosseguir com a campanha de vacinação e já mais de um milhão de pessoas receberam a primeira dose do fármaco da Pfizer/BioNTech, o que torna o país com maior número de inoculações da União Europeia (UE), segundo assegurou o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte.

A maioria das regiões italianas vai aumentar as restrições territoriais para conter o avanço do novo coronavírus face ao aumento do risco de descontrolo da pandemia prognosticado pelos especialistas. 

O ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza, vai divulgar, entre hoje e sábado, novas regras que vão alterar as restrições nas regiões em função da situação epidemiológica de cada uma e que entrarão em vigor a partir de domingo, integrado no pacote de medidas eu se prolongará, para já, até 05 de março.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.994.833 mortos resultantes de mais de 93 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

 

JSD // EL

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Nova variante do coronavírus chama-se Omicron e é de preocupação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou hoje como "de preocupação" a nova variante B.1.1.529 do coronavírus que causa a covid-19, detetada pela primeira vez na África do Sul, e designou-a pelo nome Omicron.

Líbia: Tribunal restabelece candidatura de filho de Kadhafi às presidenciais (media)

Tripoli, 02 dez 2021 (Lusa) -- O Tribunal de Recurso de Sabha (sul da Líbia), restabeleceu hoje a aprovação formal da candidatura de Seif al-Islam Kadhafi, filho do antigo ditador Muammar Kadhafi, às eleições presidenciais de 24 deste mês, indicou a imprensa local.

Covid-19: Itália vai começar a vacinar crianças a partir de 16 de dezembro

Roma, 02 dez 2021 (Lusa) -- A Itália vai começar a vacinar crianças entre os cinco e 12 anos contra a covid-19 a partir de 16 de dezembro, anunciou hoje o gabinete do comissário especial designado pelo governo para gerir a pandemia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS