Info

Covid-19: Açores com novo máximo diário de 132 casos

| País
Porto Canal com Lusa

Ponta Delgada, Açores, 11 jan 2021 (Lusa) - Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 132 novos casos positivos de covid-19, todos na ilha de São Miguel, o maior número diário registado no arquipélago desde o começo da pandemia, foi hoje anunciado.

O número mais elevado de diagnósticos na região num só dia tinha sido verificado em 05 de dezembro, quando se registaram 105 novos casos.

De acordo com o boletim diário da Autoridade de Saúde açoriana, os 132 novos casos foram detetados "em 1.089 análises realizadas nos laboratórios de referência da região".

Dos 132 casos detetados na ilha de São Miguel, a maior dos Açores, 131 foram em contexto de transmissão comunitária e um caso é referente a um residente com histórico de viagem e análise de rastreio ao sexto dia.

Ainda de acordo com a Autoridade de Saúde Regional, nas últimas 24 horas recuperaram da doença quatro pessoas na Terceira: três na Praia da Vitória e uma em Angra do Heroísmo.

Nos Açores estão atualmente internadas 24 pessoas, mais três do que no domingo.

Em São Miguel estão internados 21 doentes no Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada, cinco das quais em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), e três na Terceira, no Hospital de Santo Espírito em Angra do Heroísmo (dois dos quais em UCI).

Devido à transmissão comunitária registada na Terceira e São Miguel, deixaram de ser elencadas as cadeias de transmissão local referentes a estas ilhas.

Nas restantes ilhas estão ativas duas cadeias de transmissão da doença, uma em São Jorge e uma no Faial.

Assim, os Açores têm atualmente 848 casos positivos ativos: 801 em São Miguel, 42 na Terceira, três no Faial e dois nas Flores.

A vila de Rabo de Peixe, no concelho da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, é aquela que regista atualmente o maior número de casos positivos ativos, com 309 doentes, segundo a situação epidemiológica por freguesias.

Foram detetados até hoje na região 2.693 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se 22 mortes e 1.728 recuperações.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.934.693 mortos resultantes de mais de 90,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 7.803 pessoas dos 483.689 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia foi renovado com efeitos desde as 00:00 de 08 de janeiro, até dia 15.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

APE // MLS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Portugal regista mais 40.090 casos de Covid-19 e mais 34 mortes nas últimas 24h 

Portugal registou hoje mais 34 mortos associadas à covid-19 e 40.090 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2, segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Problemas com certificados de dose de reforço em Portugal resolvidos

A Comissão Europeia disse hoje ter sido notificada de que os problemas em Portugal na emissão de certificados covid-19 da União Europeia (UE) com a informação da dose de reforço da vacina estão já resolvidos, não existindo constrangimentos.

Bares e discotecas reabrem hoje a partir das 22:00

Os bares e discotecas voltam a abrir hoje à noite, após novo encerramento de três semanas devido à covid-19, com os clientes sem dose de reforço da vacina a terem de apresentar teste negativo para entrar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS