Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Covid-19: Hospital Santa Maria eleva nível de contingência e abre mais 52 camas

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 08 jan 2021 (Lusa) - O Hospital Santa Maria elevou o nível de contingência e vai abrir mais 52 camas para doentes covid-19, 12 das quais em cuidados intensivos, avançou hoje à Lusa fonte oficial do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN).

As camas de internamento em enfermaria para doentes com covid-19 passam de 120 para 160, 20 das quais já estão a funcionar, e as camas de cuidados intensivos passam de 36 para 48 este fim de semana.

"Este é um elevar do nível de contingência com mais 52 camas alocadas à covid-19 para responder às necessidades não só dos doentes que chegam ao hospital, mas também para responder à grande pressão na região de Lisboa", disse a mesma fonte, rejeitando haver "qualquer situação de catástrofe" no hospital.

Os últimos dados apontam para 160 doentes internados com covid-19, 36 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos, adiantou, acrescentando que nenhum doente foi transferido para outro hospital.

Segundo a fonte do centro hospitalar, que engloba os hospitais Santa Maria e Pulido Valente, vão ser também criadas camas de internamento para doentes não-covid, "o que é uma necessidade nesta fase de inverno para doentes com outras patologias".

O CHULN parou em meados de novembro com a atividade não urgente, tendo feito protocolos com três hospitais privados, onde as equipas do centro hospitalar utilizam os blocos operatórios para realizar as cirurgias aos seus doentes.

"Num mês, já realizámos 130 cirurgias de sete especialidades para não prolongar os tempos de espera e dar resposta aos doentes não urgentes", adiantou a fonte oficial do CHULN.

Portugal registou hoje 118 mortos relacionados com a covid-19 e 10.176 novos casos de infeção com o novo coronavírus, os valores diários mais elevados desde o início da pandemia, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim epidemiológico da DGS, houve também um aumentou do número de doentes internados para 3.451, mais 118 do que na quinta-feira, dos quais 536 estão nos cuidados intensivos, mais 22.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 7.590 mortes e 466.709 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 98.938, mais 5.578 do que na quinta-feira.

O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia foi renovado com efeitos desde as 00:00 de 08 de janeiro, até dia 15.

HN (CC) // HB

Lusa/fim

+ notícias: País

Infeção pelo vírus 'monkeypox' em Portugal pode ser um surto

Os casos de infeção pelo vírus 'monkeypox', avançados em primeira mão pelo Porto Canal, confirmados em Portugal podem constituir um surto, mas não está "para já" identificada qualquer ligação entre eles para além do local onde foram detetados, disse hoje a infeciologista Margarida Tavares.

EXCLUSIVO.

Vírus 'monkeypox' chega a Portugal. DGS confirma pelo menos cinco casos e 20 suspeitos

O vírus 'monkeypox', a varíola dos macacos, chegou a Portugal e já há pelo cinco casos confirmados. O Porto Canal sabe que os doentes são todos homens e a situação está ser acompanhada pelas autoridades de saúde para se perceber a ligação entre os casos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Festivais - Soam as guitarras