Info

Covid-19: França regista 386 mortos devido ao vírus

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Paris, 20 nov 2020 (Lusa) -- A França registou 386 mortes nas últimas 24 horas devido à covid-19, elevando assim o número total de mortos no país para 48.265 desde o início da pandemia, segundo as autoridades francesas.

Quanto às hospitalizações, há 31.875 pessoas internadas (menos mil do que no início da semana) em França devido ao vírus e 4.566 desses pacientes estão internados nos cuidados intensivos.

O número de novos casos positivos de covid-19 em França desde quinta-feira é de 22.882, havendo assim 2.109.170 casos confirmados desde o início da pandemia.

Esta sexta-feira, a agência sanitária Saúde Pública França anunciou que o pico da epidemia já foi atingido no país, havendo uma regressão em todos os indicadores da progressão da epidemia.

Ultrapassar este pico pode significar uma reabertura antecipada dos comércios não essenciais no país e uma adaptação das medidas sanitárias a partir de dia 01 de dezembro, data em que deve começar uma nova modalidade de confinamento no país.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, vai falar ao país na terça-feira para detalhar a nova fase do confinamento.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.360.914 mortos resultantes de mais de 56,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

 

CYF // EL 

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Covid-19: Secretário de Estado do Vaticano e seu 'número dois' testam positivo

Cidade do Vaticano, 18 jan 2022 (Lusa) - O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, e o seu 'número dois', arcebispo Edgar Peña Parra, testaram positivo para o novo coronavírus e estão em isolamento, informou hoje o Vaticano.

Ucrânia: Rússia desloca forças para exercícios conjuntos na Bielorrússia

Moscovo, 18 jan 2022 (Lusa) -- A Rússia deslocou tropas do extremo leste do país para a Bielorrússia, onde vão participar em exercícios militares, indicaram hoje responsáveis oficiais, o que implica uma nova concentração de tropas junto das fronteiras ucranianas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.