Info

Covid-19: Moçambique regista mais seis óbitos e 133 novas infeções

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Maputo, 13 nov 2020 (Lusa) - Moçambique registou, nas últimas 24 horas, seis óbitos por covid-19, o maior número diário já registado, elevando o total de mortos para 110, num dia em que mais 133 pessoas foram diagnosticadas positivas, anunciou o Ministério da Saúde.

As vítimas mortais tinham idades compreendidas entre 26 e 76 anos, que estavam internados em unidades hospitalares das províncias de Inhambane, Gaza e cidade de Maputo, refere-se no comunicado de atualização de dados.

O documento indica ainda que mais 133 pessoas estão infetadas pelo novo coronavírus, elevando o total de casos para 14.227, dos quais 13.923 são de transmissão local e 304 são importados.

Nas últimas 24 horas registaram-se também 104 novos casos de pessoas dadas como recuperadas, subindo o total para 12.238 (86%), havendo ainda um cumulativo de 534 pacientes internados.

A cidade de Maputo, capital do país, tem o maior número de casos ativos, com um total de 1.254, seguida da província de Maputo, com 230, e as restantes províncias tem menos de 185 casos.

Desde o anúncio do primeiro caso no país, em 22 de março, foram testadas um total de 208.123 pessoas suspeitas.

Em África, há 46.505 mortos confirmados em mais de 1,9 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.294.539 mortos em mais de 52,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

EYAC // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Pfizer aprova o primeiro comprimido contra a doença

A autoridade norte-americana da saúde, a Food and Drug Administration, aprovou esta quinta-feira o uso do comprimido da Pfizer contra covid-19, o primeiro tratamento oral nos EUA para combate à doença

ONU exige libertação imediata de navio dos EAU apreendido por rebeldes no Iémen

Nações Unidas, Nova Iorque, 14 jan 2022 (Lusa) -- O Conselho de Segurança da ONU exigiu hoje a "libertação imediata" do navio dos Emirados Árabes Unidos (EAU) confiscado no início deste mês pelos rebeldes Huthis, bem como da respetiva tripulação, indicaram fontes diplomáticas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS