Covid-19: Surto em lar da Misericórdia de Portalegre com 70 utentes infetados

| País
Porto Canal com Lusa

Portalegre, 11 nov 2020 (Lusa) - Um surto de covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Portalegre (SCMP) infetou pelo menos 70 utentes, divulgou hoje a comissão administrativa da instituição.

"Ao longo de todo o dia 10 de novembro [terça-feira] foram feitos mais de 200 testes a residentes e funcionários da instituição, tendo chegado apenas os resultados dos residentes. Ao final da noite de 11 de novembro [quarta-feira] tínhamos os seguintes resultados para um total de 95 utentes: 70 residentes positivos, 23 residentes negativos e dois testes em falta", lê-se no comunicado divulgado.

A comissão administrativa da SCMP indica que aguarda "a qualquer momento" a chegada dos resultados dos testes efetuados aos funcionários e ainda a dois residentes, estando em "contacto e articulação" com as autoridades sanitárias e restantes entidades para "tentar controlar" as cadeias de transmissão e minimizar possíveis danos.

"Em reunião com a câmara municipal, Proteção Civil, Segurança Social e Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA) foram definidas as medidas imediatas a tomar, estando prevista a entrada de uma brigada de intervenção rápida para reforçar a equipa da Misericórdia", refere.

Segundo a instituição, "estão a ser feitas as necessárias alterações na estrutura organizacional dos serviços de forma a isolar os casos positivos e garantir a segurança e o bem-estar de todos os residentes".

"As famílias foram informadas à medida que fomos recebendo os resultados", é referido no comunicado.

A comissão administrativa, que indica que a maioria dos doentes se encontra "estável" e com sintomas "ligeiros ou assintomáticos", acrescenta ter recebido os resultados dos testes que tinham sido feitos às crianças e funcionários do Centro Infantil de São Lourenço, outra das valências da instituição, não existindo qualquer caso ativo.

Portugal contabiliza pelo menos 3.103 mortos associados à covid-19 em 192.172 casos confirmados de infeção, segundo o mais recente boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), de quarta-feira.

HYT // ROC

Lusa/Fim

+ notícias: País

Marcelo diz que medidas para os próximos dias são anunciadas 6.ª feira

O Presidente da República afirmou que na sexta-feira serão anunciadas as medidas para os próximos dias devido ao risco de incêndio e alertou que as próximas duas semanas se preveem difíceis.

Municípios da serra da Estrela exigem estado de calamidade

Os seis municípios abrangidos pelo Parque Natural da Serra da Estrela (PNSE) exigiram esta quinta-feira que seja decretado "estado de calamidade", devido ao incêndio que atinge a região, e apoios imediatos para colmatar prejuízos de "centenas de milhões de euros".

Mais de 1500 operacionais no terreno para evitar reativações de incêndios na serra da Estrela e Caldas da Rainha

Mais de 1500 operacionais e cinco meios aéreos continuam em operações nos incêndios da serra da Estrela e das Caldas da Rainha, atualmente em resolução, para evitarem reativações, disse a Proteção Civil no último balanço.