Info

Covid-19: África com mais 360 mortes e 11.836 infeções nas últimas 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Redação, 29 out 2020 (Lusa) -- O número de mortes em África devido à covid-19 foi nas últimas 24 horas de 360, totalizando agora 42.151, enquanto as infeções subiram para 1.748.335, mais 11.836, segundo dados oficiais.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nos 55 Estados-membros da organização registaram-se 7.216 recuperados, num total de 1.430.558.

A África Austral continua a registar o maior número de casos de infeção e de mortos, com 798.239 infetados e 20.564 vítimas mortais. Nesta região, só a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza 719.714 casos e 19.111 óbitos.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem 492.634 pessoas infetadas e 13.822 mortos e na África Oriental há 208.773 infetados e 3.882 vítimas mortais.

Na região da África Ocidental, o número de infeções é de 188.581, com 2.749 vítimas mortais, e a África Central regista 60.108 casos e 1.134 óbitos, o mesmo número de há 48 horas.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 6.234 mortos e 107.030 infetados, e Marrocos contabiliza 3.506 vítimas mortais e 207.718 casos de infeção.

A Argélia surge logo a seguir, com 57.026 infeções e 1.941 mortos.

Entre os seis países mais afetados estão também a Etiópia, que regista 94.820 casos de infeção e 1.451 vítimas mortais, e a Nigéria, com 62.371 infetados e 1.139 mortos.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e Moçambique em número de casos.

Angola regista 275 óbitos e 10.074 casos, seguindo-se Cabo Verde (94 mortos e 8.548 casos), Moçambique (91 mortos e 12.415 casos), Guiné Equatorial (83 mortos e 5.083 casos), Guiné-Bissau (41 mortos e 2.413 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 941 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

APL // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Balanço da tempestade tropical Ana sobe para 18 mortos em Moçambique

Maputo, 27 jan 2022 (Lusa) - O balanço da tempestade Ana no centro e norte de Moçambique subiu hoje para 18 mortos e há mais de dez mil casas danificadas, além de dezenas de hospitais, escolas e infraestruturas elétricas, segundo as autoridades do país.

Surto de dengue em Timor-Leste com mais casos e mortes do que em todo o ano de 2021

Díli, 27 jan 2022 (Lusa) -- O surto de dengue que está a afetar Timor-Leste já causou só este mês praticamente tantas mortes como no conjunto dos dois últimos anos e com mais casos do que os registados em todo o ano de 2021.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.