Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Pousada da Juventude do Porto pode receber casos de Covid-19 a partir de domingo

Pousada da Juventude do Porto pode receber casos de Covid-19 a partir de domingo
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Pousada da Juventude do Porto pode começar, a partir de 01 de novembro, a receber pessoas com teste negativo à covid-19 que precisem de ser segregadas do núcleo familiar ou instituição por terem testado positivo, foi hoje revelado.

"As instalações da Pousada da Juventude serão disponibilizadas a partir e 01 de novembro para reforçar a estrutura distrital de resposta à covid-19", indicou o gabinete do Secretário de Estado da Mobilidade e coordenador Regional Norte do covid-19, Eduardo Pinheiro.

De acordo com mesma fonte, a coordenação do processo será da Comissão Distrital de Proteção Civil do Porto.

Hoje, numa nota publicada na sua página oficial, o município tinha já garantir ter operacionais um conjunto de respostas reforçadas para neutralizar a evolução da Covid-19, nomeadamente a Pousada da Juventude, que foi proposta como estrutura de retaguarda para receber pessoas com teste negativo, que tivessem de ser separadas de outras, dentro do mesmo núcleo familiar ou instituição que testassem positivo à infeção pelo novo coronavírus.

"Essa proposta foi agora acolhida pelo Ministério da Saúde, estando pronta a ser operacionalizada. Para manter a estrutura, o Município do Porto está disponível a apoiar com uma verba mensal de 50 mil euros", lê-se no texto.

Ainda durante o mês de novembro, vai ser também alargada a resposta dos Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) do Porto Ocidental na área dedicada às doenças respiratórias.

À Lusa, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte revelou que a antiga Escola Básica António Aroso, cedida pela Câmara do Porto para reforçar a resposta, deverá estar operacional durante o mês de novembro, após obras de adaptação.

De acordo com a informação prestada pela ARS Norte, o edifício terá de sofrer obras de adaptação para que possa funcionar como um "centro de saúde provisório" reforçando a resposta naquela zona da cidade.

A Câmara do Porto aprovou, por unanimidade, na segunda-feira, em reunião do executivo, a cedência, por meio ano, das instalações da antiga Escola Básica António Aroso à ARS Norte, para alargamento da Área Dedicada aos Doentes Respiratórios no Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) do Porto Ocidental.

Na proposta aprovada em sede de executivo, a maioria municipal indica que a cedência, em regime de comodato, tem a duração de seis meses, período que pode vir a ser prolongado caso a situação epidemiológica persista.

A autarquia assinala ainda que o estabelecimento de ensino foi solicitado pelo ACeS Porto Ocidental que informou a autarquia que tem vindo a debater-se com falta de espaço para o alargamento da capacidade de resposta da sua Área Dedicada aos Doentes Respiratórios.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 43,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.371 pessoas dos 124.432 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

+ notícias: Norte

Idosos mostram-se recetivos com a segunda dose de reforço da vacina contra a Covid-19

A passada segunda-feira ficou marcada com o início da segunda dose de reforço contra a covid-19 para as pessoas com maiores de 80 anos. O Porto Canal visitou na manhã desta terça-feira o lar Anima Una, em Braga e, o diretor técnico Rafael Sousa adiantu que os idosos se têm mostrado recetivos na administração desta segunda dose de reforço. Segundo explicou o diretor técnico e enfermeiro, durante o dia de hoje "serão vacinados cerca de 50 idosos num universo de 57", visto que os restantes serão vacinados mais à frente devido ao cumprimento de períodos relativos ao facto de terem covid-19 há menos de 120 dias ou receberam a primeira dose de reforço há menos de 150 dias.

Bandeira LGBTI hasteada frente à CM do Porto para assinalar a luta contra a homofobia. Rui Moreira diz que momento representa a "forma como a cidade é aberta a todos"

A bandeira LGBTI foi hasteada na manhã desta terça-feira em frente à Câmara Municipal do Porto no dia em que se assinala a luta contra a homofobia. Rui Moreira, Autarca do Porto, esteve presente nesse momento e, em declarações ao Porto Canal referiu que o hastear da bandeira em frente à câmara representa "a forma como a cidade é aberta a todos" e manifesta uma "grande simbologia". Além disso, o autarca do Porto salientou a importância das instituições e a Câmara se associarem em causas como estas.

Empresa de resíduos conta que portugueses "estão cada vez mais sensibilizados para a necessidade de reciclar" em dia internacional da reciclagem

Esta terça-feira assinala-se o dia internacional da reciclagem e, o Porto Canal visitou a LIPOR, uma empresa de gestão de resíduos do Porto, num dos pontos onde são recebidos os materiais e feita a primeira triagem. Em declarações ao Porto Canal, Hélder Filipe, técnico da LIPOR, contou que tendo em conta os valores globais nota-se que os portugueses "estão cada vez mais sensibilizados para a necessidade de reciclar". Além disso, Hélder Filipe explicou que no que toca à diminuição do uso de plástico verifica-se "muito trabalho de prevenção em tentar substituir o plástico por outros materiais".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Festivais - Soam as guitarras