Hospital de Braga com 75% das camas ocupadas face à pandemia

Hospital de Braga com 75% das camas ocupadas face à pandemia
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Hospital de Braga tem uma taxa de ocupação de 75% das camas atualmente disponíveis para doentes covid-19, anunciou hoje a administração daquela unidade à Lusa.

Numa resposta escrita, o Hospital de Braga revelou à Lusa que tem atualmente internados em enfermaria 42 doentes infetados com o novo coronavírus, 18 dos quais transferidos dos Centro Hospitalar Tâmega e Sousa.

Nos cuidados intensivos do Hospital de Braga há sete doentes com covid-19 e foi já ativado o nível 2 do Plano de Contingência.

“A atividade assistencial programada não foi, até ao momento, afetada”, refere ainda a administração.

As visitas estão suspensas desde o início da pandemia.

A administração sublinhou que o número de camas reservadas para doentes infetados pelo vírus SARS-CoV-2 “será reajustado sempre que a situação epidemiológica assim o justifique”.

“Caso seja necessário, em enfermaria, as camas reservadas para a covid podem ultrapassar a centena e meia e em UCIP (Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente) podem ultrapassar as 40”, acrescentou.

O número de casos ativos de infeção pelo novo coronavírus teve 12,6% de aumento percentual em Braga numa semana, segundo relatórios da Direção-Geral da Saúde.

O concelho de Braga, entre dia 19 de outubro e segunda-feira, registou 230 novos casos, passando de 1.819 para 2.049 infeções ativas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 43,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.371 pessoas dos 124.432 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

+ notícias: Norte

Ministério da Educação recebe mil pedidos por semana para substituir professores que pediram baixa

Há cerca de mil baixas médicas apresentadas por professores todas as semanas, docentes que é preciso substituir rapidamente, afirmou esta segunda-feira o ministro da Educação, João Costa.

Casal denuncia violência e homofobia em bar no Porto. Gerente desmente e fala de ameaças

Um casal homossexual alega ter sido agredido por funcionários da discoteca "Foz na Baixa", na madrugada de domingo. Os indivíduos anunciaram que vão avançar com uma queixa-crime contra o estabelecimento e contra os seguranças envolvidos no incidente. Vitor Rajão, responsável pelo espaço nega as acusações homofóbicas que lhe são dirigidas e realça o “o comportamento desagradável e alterado” das alegadas vítimas. 

Porto: entrada na VCI pela Circunvalação cortada à noite até quinta-feira 

A entrada na Autoestrada (A)3 pela Estrada da Circunvalação, para quem segue do Hospital João e da rotunda da Areosa, vai ser cortada entre as 21h00 e as 07h00 entre esta segunda-feira e quinta-feira, revelou em comunicado a Brisa.