Info

Covid-19: Índia com 964 mortos e mais de 70 mil casos nas últimas 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Nova Deli, 09 out 2020 (Lusa) - A Índia registou 964 mortos e 70.496 infetados com covid-19 nas últimas 24 horas, anunciaram hoje as autoridades, elevando o total de casos desde o início da pandemia para mais de 6,9 milhões.

A Índia contabilizou ainda 106.490 óbitos causados pela doença desde que a pandemia chegou ao país.

Apesar de uma redução gradual do balanço diário nas últimas semanas, a Índia continua a ser o segundo país do mundo com mais infeções confirmadas, esperando-se que venha a ultrapassar os Estados Unidos, atualmente com mais de 7,5 milhões de casos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e cinquenta e sete mil mortos e mais de 36,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

PTA // EJ

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Balanço da tempestade tropical Ana sobe para 18 mortos em Moçambique

Maputo, 27 jan 2022 (Lusa) - O balanço da tempestade Ana no centro e norte de Moçambique subiu hoje para 18 mortos e há mais de dez mil casas danificadas, além de dezenas de hospitais, escolas e infraestruturas elétricas, segundo as autoridades do país.

Surto de dengue em Timor-Leste com mais casos e mortes do que em todo o ano de 2021

Díli, 27 jan 2022 (Lusa) -- O surto de dengue que está a afetar Timor-Leste já causou só este mês praticamente tantas mortes como no conjunto dos dois últimos anos e com mais casos do que os registados em todo o ano de 2021.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.