Info

Covid-19: Meio milhar de mortos nas últimas 24 horas em África

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Redação, 24 set 2020 (Lusa) -- África registou 509 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, contabilizando agora 1.429.360 infetados, mais 8.731, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas o número de mortos nos 55 Estados-membros da organização subiu para 34.836 e os recuperados para 1.175.353 (mais 6.909).

A África Austral continua a registar o maior número de casos de infeção e de mortos, com 17.425 vítimas mortais num universo de 724.807 infetados.

Só na África do Sul, o país mais afetado do continente, estão registados 665.188 casos e 16.206 mortos.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem 310.550 pessoas infetadas e 10.548 mortos e na África Ocidental o número de infeções é de 173.464, com 2.582 vítimas mortais.

A região da África Oriental contabiliza agora 163.223 casos e regista 3.209 vítimas mortais e na África Central estão registados 57.316 casos e 1.072 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.822 mortos e 102.375 infetados e Marrocos contabiliza 1.918 mortos e 107.743 casos.

A Argélia surge logo a seguir, com 50.403 casos de infeção registados e 1.998 vítimas mortais.

Entre os seis países mais afetados constam também a Nigéria, com 57.724 infetados e 1.102 mortos, e a Etiópia 71.083 casos, com 1.141 vítimas mortais.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e Moçambique em número de casos.

Angola regista 159 mortos e 4.363 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 vítimas mortais e 5.018 infetados), Cabo Verde (54 mortos e 5.412 casos) e Moçambique (49 óbitos e 7.262 infetados).

A Guiné-Bissau mantém os 39 mortos e o número de infetados (2.324), tal como São Tomé e Príncipe: 15 mortes entre os 908 casos.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 971.677 mortos e mais de 31,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo.

SMM // PJA

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

AstraZeneca admite que tratamento com anticorpos não provou eficácia

A farmacêutica AstraZeneca admitiu hoje um retrocesso no desenvolvimento de um tratamento com anticorpos para a covid-19, uma vez que não ficou provada a sua eficácia nos ensaios clínicos em pessoas que foram expostas ao vírus.

Deputado nega influenciar Governo e admite erros de previsões sobre pandemia no Brasil

São Paulo, 22 jun 2021 (Lusa) -- O deputado Osmar Terra, apontado como membro de um suposto 'gabinete paralelo' que aconselhava o Presidente do Brasil em políticas e medicamentos sem eficácia contra a covid-19, negou influenciar o governante, admitindo que errou em previsões sobre a pandemia.

Angolana Refriango fechou acordo para liderar empresa de bebidas de Isabel dos Santos

Luanda, 22 jun 2021 (Lusa) - A Refriango, empresa de bebidas angolana, começou este mês a liderar a gestão da cervejeira nacional Sodiba, pertencente à empresária angolana Isabel dos Santos, acordo que permitirá aliviar o valor alto da dívida com os bancos, foi hoje anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS