Info

Covid-19: Colômbia com mais 7.102 casos e 173 mortos

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Bogotá, 23 set 2020 (Lusa) -- A Colômbia somou na terça-feira 7.102 casos e 173 mortos por covid-19, elevando o total infetados para 777.537 e de óbitos para 24.570, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

O país ainda tem 100.541 casos ativos, o que corresponde a 12,93% do total de infetados, enquanto 650.801 pacientes foram dados como recuperados, ou seja, 83,7%.

A maioria dos novos casos foram detetados na capital, Bogotá (1.840).

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 965.760 mortos e mais de 31,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

JMC // JMC

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Ucrânia: Blinken defende "via diplomática" durante telefonema com Moscovo

Washington, 18 jan 2022 (Lusa) -- O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, defendeu hoje uma "via diplomática" para encerrar a crise entre a Rússia e a Ucrânia, durante um telefonema com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov.

Conselho Eleitoral da Venezuela aprova pedidos de referendo revogatório de mandato do PR

Caracas, 18 jan 2022 (Lusa) -- O Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela (CNE) anunciou a aprovação de três pedidos para realização de um referendo revogatório do mandato do Presidente Nicolás Maduro, previsto na legislação uma vez cumprido metade do atual mandato presidencial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.