Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Covid-19: Município de Porto de Mós apetrecha escolas com mesas individuais

| País
Porto Canal com Lusa

Porto de Mós, Leria, 16 set 2020 (Lusa) -- O Município de Porto de Mós apetrechou as escolas do 1.º ciclo do concelho com mesas individuais para garantir o distanciamento social neste ano letivo e reforçou os recursos humanos, no âmbito da pandemia da covid-19.

"Recorremos a algum material que tínhamos armazenado e outro comprámos", revelou à agência Lusa o presidente do Município de Porto de Mós, Jorge Vala, precisando que foram distribuídas cerca de 1.000 carteiras em todas as escolas públicas do 1.º ciclo daquele concelho do distrito de Leiria.

Segundo Jorge Vala, o rácio estipulado para as escolas do concelho é de 75 assistentes operacionais, número que o autarca considera reduzido para as necessidades, nomeadamente para casos de escolas com alunos com necessidades educativas especiais.

"O Ministério da Educação só nos transfere o valor do ordenado de 75 assistentes operacionais, mas vamos ter 140. Este investimento do Município vai aumentar a despesa em mais 700 mil euros, o que é muito significativo. Mas, sendo necessário para o bem-estar das crianças, não regateamos esforços".

Segundo o autarca, Porto de Mós "não olha para a educação como uma despesa, mas como um investimento".

Jorge Vala anunciou também que foram adquiridos tapetes de higienização para todas as escolas, estando também garantidos equipamentos de proteção individual e álcool gel, em caso de necessidade.

A autarquia vai assumir também o custo do transporte escolar para todos os estudantes até ao ensino secundário, ofereceu 'kits' escolares aos alunos do 1.º ciclo e bolsas de estudo a estudantes do ensino superior.

Neste arranque do novo ano letivo 2020/21, o presidente adiantou que foram investidos cerca de 100 mil euros, que incluem algumas obras de requalificação de escolas e excluem os valores com os recursos humanos.

"Neste período, decidimos também apoiar as famílias, diminuindo os impostos. Aumentámos a devolução do IRS de 1,5% para 02%, o que significa uma perda de cerca de 300 mil euros para o Município", referiu ainda.

EYC // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Trabalhadores da CP em greve de 24h por "uma atualização salarial"

Os trabalhadores da Comboios de Portugal (CP) cumprem durante as próximas 24h uma greve a nível nacional onde pedem uma "atualização salarial" que tenha em conta o "escalar do custo de vida atual", explicou Sérgio Fernandes do Sindicato nacional dos trabalhadores do setor ferroviário. 

João Rendeiro encontrado morto na cadeia

O antigo presidente do BPP João Rendeiro foi hoje encontrado enforcado na cadeia onde estava detido, na África do Sul, disse à Lusa a advogada do ex-banqueiro.

Atualizado 13-05-2022 09:39

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.