Info

Incêndios: Fogo em Proença-a-Nova combatido por 648 operacionais exige proteção a localidades

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 set 2020 (Lusa) -- O incêndio que lavra hoje em Proença-A-Nova, no distrito de Castelo Branco, estava às 23:55 a envolver 648 operacionais e 210 viaturas num combate dificultado pelo vento, que exigiu a proteção de várias localidades, segundo as operações de socorro.

Fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco (CDOS), contactada pela agência Lusa, indicou que o fogo, "com alguma extensão, exigiu a proteção de várias localidades, mas não há habitações ardidas".

Os bombeiros têm a sua ação dificultada pelo vento forte, "que vai continuar a soprar pela noite dentro", indicou a mesma fonte.

Dois bombeiros sofreram ferimentos graves durante o combate a este incêndio, onde também um carro dos bombeiros ardeu, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil precisou à Lusa que os dois bombeiros sofreram queimaduras de segundo grau e foram transportados pelo helicóptero do INEM para o hospital de Coimbra, mas estão "livres de perigo".

Devido aos riscos de incêndio, os distritos de Bragança e da Guarda vão ficar em alerta especial laranja na segunda-feira e os restantes em alerta amarelo.

Portugal Continental está em situação de alerta devido ao risco de incêndio até às 23:59 de hoje, estando em estado de alerta especial nível vermelho os distritos de Beja, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Portalegre, Setúbal e Santarém e os restantes estão em laranja.

AG (FAC/CMP) // MCL

Lusa/fim

+ notícias: País

Covid-19: Portugal com 58.530 infeções, novo máximo diário, e 49 mortes

Portugal registou 58.530 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 49 mortes associadas à covid-19, indicam os números hoje divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Covid-19: Mais de 100 mil crianças e jovens isolados desde que recomeçaram as aulas

Mais de cem mil crianças e jovens testaram positivo ao SARS-CoV-2 desde que as aulas recomeçaram, a 10 de janeiro, e tanto pais como alunos alertam para problemas de aprendizagem com as aulas à distância.

Livro "Milhões a voar" critica injeção na TAP

O novo livro "Milhões a voar" de André Pinção Lucas e Carlos Guimarães Pinto, critica a injeção da TAP e desmonta sete falácias a favor do investimento público. Em declarações ao Porto Canal, André Pinção Lucas, autor do livro, considerou a TAP como "um novo banco com asas" e diz que o valor injetado é "chocante".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.