Info

Covid-19: Madeira regista quatro novos casos em cadeia de transmissão local

| País
Porto Canal com Lusa

Funchal, 28 ago 2020 (Lusa) - A Madeira registou hoje quatro novos casos de covid-19 numa cadeia de transmissão local sinalizada no Funchal, elevando o total de infeções ativas no arquipélago para 40, indicou o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE).

"Hoje, há quatro novos casos positivos a reportar, pelo que a região contabiliza agora um total cumulativo de 158 casos confirmados de covid-19", lê-se no boletim diário do IASAÚDE.

Aquela entidade acrescentou que estes quatro novos casos são de uma cadeia de "transmissão local identificada no concelho do Funchal".

Quanto a essa cadeia, com associação a dois casos positivos recentemente diagnosticados no contexto da operação de rastreio do Aeroporto da Madeira, "a investigação epidemiológica permitiu identificar, até ao momento, nove contactos - seis foram casos confirmados e três foram negativos", refere o IASAÚDE no comunicado.

Todos os contactos permanecem em isolamento e a investigação epidemiológica continua em curso.

No que respeita à cadeia de transmissão identificada no Porto Santo, com associação a um caso confirmado na região de Lisboa e Vale do Tejo, o IASAÚDE indica que a investigação epidemiológica permitiu já identificar 23 contactos naquela ilha, três dos quais foram positivos e 20 negativos.

Também aqui todos os contactos permanecem em isolamento.

A Região Autónoma da Madeira contabiliza agora um total cumulativo de 158 casos confirmados de covid-19, já com 118 recuperados e 40 ativos, dos quais 29 são casos importados identificados nas atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira e 11 são casos de transmissão local.

"Relativamente ao isolamento dos casos positivos, 21 pessoas cumprem isolamento numa unidade hoteleira dedicada e 19 em alojamento próprio", refere o IASAÚDE.

Nas últimas 24 horas foi também sinalizada uma situação suspeita, referente a um viajante, que se encontra em estudo pelas autoridades de saúde.

No contexto da operação de rastreio de viajantes nos portos e aeroportos da Madeira e do Porto Santo, em vigor desde o dia 01 de julho, há a reportar um total cumulativo de 40.070 colheitas para teste à covid-19 realizadas até às 17:00 de hoje, o que corresponde a cerca de metade dos passageiros desembarcados no arquipélago.

"À data, 17.418 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, com recurso à aplicação 'MadeiraSafeToDiscover', 7.686 destas pessoas estão em vigilância ativa", sublinha o IASAÚDE.

Até hoje, foram contabilizadas na região autónoma 1.617 notificações de casos suspeitos de infeção pelo novo coronavírus, dos quais 1.459 não se confirmaram.

Em Portugal, morreram 1.815 pessoas das 57.074 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 832 mil mortos e infetou mais de 24,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

DC // MCL

Lusa/Fim

+ notícias: País

Covid-19: Portugal com 58.530 infeções, novo máximo diário, e 49 mortes

Portugal registou 58.530 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 49 mortes associadas à covid-19, indicam os números hoje divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Covid-19: Mais de 100 mil crianças e jovens isolados desde que recomeçaram as aulas

Mais de cem mil crianças e jovens testaram positivo ao SARS-CoV-2 desde que as aulas recomeçaram, a 10 de janeiro, e tanto pais como alunos alertam para problemas de aprendizagem com as aulas à distância.

Livro "Milhões a voar" critica injeção na TAP

O novo livro "Milhões a voar" de André Pinção Lucas e Carlos Guimarães Pinto, critica a injeção da TAP e desmonta sete falácias a favor do investimento público. Em declarações ao Porto Canal, André Pinção Lucas, autor do livro, considerou a TAP como "um novo banco com asas" e diz que o valor injetado é "chocante".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.