Info

Covid-19: Itália regista mais 1.210 casos e sete óbitos nas últimas 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Roma, 23 ago 2020 (Lusa) -- Itália regista 1.210 novos casos de covid-19 e sete mortes nas últimas 24 horas, naquele que é o maior aumento diário de infeções desde maio, anunciaram hoje as autoridades italianas, justificando a situação com o regresso das férias.

De acordo com o Ministério da Saúde transalpino, registaram-se já 259.345 casos totais desde o início da pandemia, em fevereiro, e 35.437 mortes.

Por região, a Lombardia, que foi a região mais atingida durante os piores meses da pandemia, volta a ser a primeira no registo diário de novos contágios, com 239 casos em relação a sábado. Segue-se a região de Lazio, no centro do país e cuja capital é Roma, com 184 novos casos, contra 215 no dia anterior, quando as infeções nesta região dispararam.

O conselheiro regional de saúde, Alessio D'Amato, explicou que 60% destes casos estão em comparação com ontem, e isto é ainda mais significativo dado o número recorde de testes que foram realizados nas últimas 24 horas", afirmou.

A região está a realizar testes à covid-19 nos aeroportos romanos de Fiumicino e Ciampino, bem como no porto de Civitavecchia, utilizando o sistema 'drive in', ou seja, sem sair dos veículos.

Esta região e a Sardenha estão a considerar a realização de testes recíprocos em Roma e Olbia para detetar possíveis positivos entre os viajantes.

Veneto, cuja capital é Veneza, é hoje a terceira região mais afetada, com 145 casos, seguida muito de perto pela Campânia, mais a sul, com a capital em Nápoles, onde houve um forte aumento de contágios: 138 casos.

O presidente da região da Campânia, Vincenzo De Luca, advertiu esta semana que, se os casos continuarem a subir, vai pedir ao governo que limite os movimentos entre regiões - como ocorreu no confinamento - para evitar a chegada de pessoas infetadas de outras partes do país.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 805 mil mortos e infetou mais de 23 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.796 pessoas das 55.597 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

JYGO // JPF

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Deutsche Bank com lucro de 2.510 ME em 2021 obtém melhor resultado em 10 anos

Frankfurt, Alemanha, 27 jan 2022 (Lusa) - O Deutsche Bank obteve em 2021 um resultado líquido de 2.510 milhões de euros, quatro vezes superior ao de 2020 (624 milhões de euros) e o mais elevado desde 2011, foi hoje anunciado.

Renault, Nissan e Mitsubishi investem 23.000 ME na produção de automóveis elétricos

Paris, 27 jan 2022 (Lusa) - A parceria formada pela Renault, Nissan e Mitsubishi vai investir 23.000 milhões de euros nos próximos cinco anos no desenvolvimento e produção de novos automóveis elétricos, pretendendo lançar 35 novos modelos até 2030, foi hoje anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.