Info

Covid-19: Moçambique regista mais uma morte e ultrapassa as duas mil infeções

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Maputo, 04 ago 2020 (Lusa) - Moçambique registou hoje a 15.ª morte de um paciente com covid-19 e mais 56 novas infeções, elevando o total para 2.029, anunciou o Ministério da Saúde.

A vítima, de 78 anos, é de nacionalidade moçambicana e deu entrada na unidade de cuidados intensivos de um hospital privado na Cidade de Maputo no dia 29 de julho, tendo falecido na segunda-feira, no mesmo dia em que se conheceu o resultado da sua testagem, refere-se num comunicado do Ministério da Saúde.

"[Ele] tinha um quadro clínico grave, sofrendo de outras doenças", acrescenta o comunicado.

No dia em que Moçambique regista o 15.º óbito por covid-19, houve 56 novos casos, elevando o total para 2.029, dos quais 1.851 são de transmissão local e 178 casos são importados.

Do total de casos anunciados hoje, 52 pessoas são moçambicanas, três são malauianas e uma é de nacionalidade zimbabueana.

"Os casos hoje reportados encontram-se em isolamento domiciliar e, neste momento, decorre o processo de identificação dos seus contactos", refere o comunicado.

As autoridades de saúde indicam ainda que há 10 pessoas internadas e outras 765 dadas como recuperadas.

A maioria dos casos ativos estão na Cidade de Maputo e na província de Cabo Delgado, com 332 e 257 pessoas infetadas, respetivamente, seguida de Maputo província, com 261, e Nampula, com 200 infeções.

As restantes sete províncias do país registam menos de 40 casos.

O país, que viveu os últimos quatro meses em estado de emergência, realizou 62.373 testes de casos suspeitos, desde o anúncio do primeiro caso de covid-19 (a 22 de março), tendo rastreado mais de 1,6 milhões de pessoas.

Um total de 25.897 pessoas suspeitas de infeção foram colocadas em quarentena domiciliária e 3.542 continuam a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 694 mil mortos e infetou mais de 18,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

EYAC // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

CEDEAO anuncia cimeira virtual extraordinária para esta sexta-feira

Lagos, 26 jan 2022 (Lusa) - A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) vai realizar esta sexta-feira uma cimeira extraordináriam em formato virtual, para discutir a crise no Burkina Faso, na sequência do golpe militar que derrubou o Presidente Roch Kaboré.

Lula da Silva diz que se chegar ao poder no Brasil vai governar com jovens e descarta Dilma Rousseff

São Paulo, 26 jan 2022 (Lusa) -- O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que se voltar ao poder no Brasil apostará nos jovens e descartou qualquer participação da ex-Presidente Dilma Rousseff num futuro Governo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.