Info

Ministro do Ambiente confirma irregularidades no aterro de Sobrado e empurra responsabilidades para a CCDR-N

Ministro do Ambiente confirma irregularidades no aterro de Sobrado e empurra responsabilidades para a CCDR-N
| Norte
Porto Canal

"Há conclusões que foram enviadas à CCDR-Norte que obrigam a impôr limitações ao funcionamento do aterro, a CCDRN tem de tirar as conclusões que têm de tirar e eu, Ministro, não sou a entidade administrativa que passa licenças ou tira licenças", afirma Matos Fernandes, Ministro do Ambiente, ao Porto Canal quando questionado sobre a investigação iniciada há cerca de um mês no aterro de Sobrado, em Valongo, descartando e passando assim a responsabilidade sobre um eventual encerramento da unidade para a CCDR-Norte. As declarações ocorreram na tarde desta quinta-feira à margem da inauguração de uma empresa de painéis solares na Póvoa de Varzim da qual o Ministro participou.

O Ministro do Ambiente acrescenta ainda que a investigação revelou que "há um conjunto de incumprimentos que são bem claros na inspeção feita, mas o problema não tem só a ver com os incumprimentos, tem a ver com a licença" e indica que "a CCDR há-de explicar aquilo que são as alterações à licença que o aterro tem".

+ notícias: Norte

Vacinas da Janssen administradas a mulheres com menos de 50 anos em Paredes 

O centro de vacinação do Rota dos Móveis, em Lordelo, no concelho de Paredes, está, alegadamente, a administrar vacinas da Janssen a mulheres com menos de 50 anos, segundo apurou o Porto Canal.

Incêndio destrói parte do telhado do Palácio da Justiça no Porto. Veja as imagens

Um incêndio deflagrou, na tarde desta sexta-feira, por volta das 15h33, no Campo dos Mártires da Pátria, na cobertura do Palácio da Justiça, no Porto, fazendo com que o edífício fosse evacuado e acabou por destruir parte do telhado. Em declarações aos jornalistas, Rui Moreira, Presidente da Câmara Municipal do Porto, afirmou que "o incêndio está estabilizado e a preocupação princpial foi retirar todos os presentes do interior".

Atualizado 23-07-2021 16:20

Pinto da Costa afirma que o Governo e DGS "estão a matar o futebol"

O Presidente do Futebol Clube do Porto, Pinto da Costa, acusou o Governo e a DGS de estarem a "a matar o futebol", em declarações ao Porto Canal. O Presidente dos 'Dragões' afirma que "se pudesse importava os líderes das ilhas portuguesas para Portugal".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.