Info

Covid-10: Procura de petróleo em 2020 cai para níveis de 2012 devido ao confinamento - AIE

| Economia
Porto Canal com Lusa

Paris, 15 abr 2020 (Lusa) - A procura mundial de petróleo deverá cair 9,3 milhões de barris por dia este ano devido à paralização económica mundial gerada pela covid-19, indicou hoje a Agência Internacional da Energia (AIE) no relatório mensal sobre o mercado petrolífero.

Esta queda "histórica" deverá conduzir o consumo mundial para o nível de 2012, de cerca de 90,6 milhões de barris por dia, prevê a agência com sede em Paris, atribuindo as causas às medidas de confinamento e à quase paralização dos transportes em todo o mundo.

Só no mês de abril, a AIE prevê uma queda da da procura de 29 milhões de barris por dia face a 2019, para níveis nunca vistos em 25 anos. O consumo deverá cair ainda 26 milhões de barris por dia em maio, e 15 milhões de barris por dia em junho face aos meses homólogos de 2019.

MC // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Despedimento coletivo reduzido para 78 trabalhadores após mais quatro acordos

O despedimento coletivo na TAP vai abranger 78 trabalhadores, abaixo dos 124 previstos e depois da redução para 82 anunciada em agosto, após se terem alcançado mais quatro acordos, anunciou hoje a presidente executiva.

Reprivatização da Efacec deve estar concluída antes do final do ano

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, disse na noite de terça-feira que espera que o processo de reprivatização da Efacec esteja concluído antes do final do ano.

Calçado português "resistiu melhor" que os concorrentes ao impacto da pandemia

Redação, 18 set 2021 (Lusa) -- A indústria portuguesa de calçado "resistiu melhor" ao impacto da pandemia do que os concorrentes e evidencia já "sinais de recuperação" no primeiro semestre deste ano, com um crescimento homólogo de 12,3% das exportações, assinala a associação setorial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS