Covid-19: Reino Unido com 11.329 mortos e 88.621 infetados

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Londres, 13 abr 2020 (Lusa) - O número de mortes no Reino Unido devido à pandemia de covid-19 aumentou para 11.329, com mais 717 óbitos nas últimas 24 horas, indicou hoje o ministério da saúde britânico. 

O número total de casos de contágio é agora de 88.621, mais 4.342 do que no dia anterior, acrescentou.  

No domingo, tinha sido registado 737 mortes e 5.288 novos casos de pessoas infetadas.

Os números das mortes referem-se apenas a pacientes diagnosticados com covid-19 que morreram no hospital até às 17:00 horas da véspera e são compilados a partir de dados das direções regionais de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. 

O número de pessoas infetadas é contabilizado de forma diferente e inclui os diagnósticos feitos até às 9:00 horas de hoje. 

A atualização dos dados foi feita um dia após a saída do primeiro-ministro, Boris Johnson, do hospital St. Thomas, em Londres, onde esteve internado durante uma semana devido a um agravamento dos sintomas, tendo sido necessária a administração de oxigénio. 

Hoje, o porta-voz de Johnson, James Slack, confirmou que o chefe do executivo vai continuar a convalescença na residência de campo de Chequers Court, a 70 quilómetros de Londres, e que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dominic Raab, continua a substitui-lo na chefia do executivo. 

O governo terá de tomar uma decisão até quinta-feira sobre o eventual prolongamento do regime de confinamento do país, o qual vários ministros e assessores médicos e científicos deixaram entender nos últimos dias que deverá acontecer. 

Entretanto, hoje o ministro das Finanças, Rishi Sunak, anunciou um reforço de 16 mil milhões de libras (16 mil milhões de euros) no financiamento dos serviços públicos para enfrentarem a pandemia covid-19.

O ministério da Defesa, por seu turno, colocou 200 militares junto dos serviços de emergência para assumir funções, desde a condução de ambulâncias a responder a chamadas telefónicas e ajudar pessoal médico. 

 

BM // ANP

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Mais de 3800 vítimas mortais no terramoto que abalou a Turquia e a Síria

Pelo menos 3800 mortos e milhares de pessoas ficaram feridas na sequência do sismo que abalou o sul da Turquia e o norte da Síria. Segundo o balanço mais recente o jornal ‘The Guardian’, na Turquia já morreram pelo menos 2379 pessoas e 1200 na Síria.

Política “zero covid” afetou a influência da China na Ásia

A China perdeu influência na Ásia, em 2022, devido ao isolamento a que se submeteu no âmbito da política ‘zero covid’, embora tenha aumentado a sua capacidade militar.

O balão que sobrevoou a América Latina é de origem chinesa

O governo chinês disse esta segunda-feira que o balão avistado sobre a América Latina, e designado pelos Estados Unidos como um dispositivo de “vigilância”, tem origem na China, mas que é de “natureza civil”.