Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Covid-19: Ovar prepara abertura de linha telefónica de apoio psicológico

Covid-19: Ovar prepara abertura de linha telefónica de apoio psicológico
| País
Porto Canal

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, onde terça-feira foi declarado o estado de calamidade pública e imposto um cerco sanitário com controlo de fronteiras, anunciou hoje que irá abrir uma linha telefónica de apoio psicológico para residentes.

Salvador Malheiro afirma que o município tem “em preparação, para entrar em funcionamento muito, muito em breve, várias linhas de apoio psicossocial - linhas de psicologia e linhas de apoio social".

A medida foi anunciada no mesmo dia em que a autarquia do distrito de Aveiro fez as primeiras colheitas no centro de rastreio à covid-19, instalado no Hospital Francisco Zagalo, no centro de Ovar.

Situando em 53 os residentes infetados com o novo coronavírus, Salvador Malheiro considera que esse é um número "extremamente alto", demonstrando que, ao nível da quarentena geográfica imposta pelo Governo, "estas medidas musculadas fazem todo o sentido".

O autarca frisou que os termos do decreto que determina o cerco sanitário a Ovar são para seguir "escrupulosamente", até porque "quem não cumprir está a cometer um crime".

Quanto à indústria local, envolvendo várias unidades que na quarta e quinta-feira continuaram a laborar apesar de a sua atividade não ser considerada de primeira necessidade, o presidente da câmara sustenta ser “absolutamente decisivo ter consciência de que, quanto mais cedo parar, mais cedo a economia se vai poder reerguer".

O novo coronavírus responsável pela pandemia da covid-19 foi detetado em dezembro na China e já infetou mais de 265.000 pessoas em todo o mundo, das quais mais de 11.100 morreram. Entre os doentes, mais de 90.500 recuperaram.

Entretanto, o surto alastrou-se a 182 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar a situação como pandémica.

O continente europeu é aquele que atualmente se mostra mais afetado, com a Itália a ser o país com maior número de vítimas mortais em todo o mundo, registando 4.032 mortos em 47.021 casos.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 1.020, o que representa mais 235 do que na quinta-feira. O número de mortos também subiu para seis.

Dos casos confirmados, 894 estão a recuperar em casa e 126 estão internados, 26 dos quais em unidades de cuidados intensivos.

Dada a evolução da pandemia, na terça-feira o Governo declarou o estado de calamidade pública no concelho de Ovar e, desde as 00:00 de quinta, todo o país está em estado de emergência, o que vigorará até às 23:59 do dia 02 de abril.

+ notícias: País

Infeção pelo vírus 'monkeypox' em Portugal pode ser um surto

Os casos de infeção pelo vírus 'monkeypox', avançados em primeira mão pelo Porto Canal, confirmados em Portugal podem constituir um surto, mas não está "para já" identificada qualquer ligação entre eles para além do local onde foram detetados, disse hoje a infeciologista Margarida Tavares.

EXCLUSIVO.

Vírus 'monkeypox' chega a Portugal. DGS confirma pelo menos cinco casos e 20 suspeitos

O vírus 'monkeypox', a varíola dos macacos, chegou a Portugal e já há pelo cinco casos confirmados. O Porto Canal sabe que os doentes são todos homens e a situação está ser acompanhada pelas autoridades de saúde para se perceber a ligação entre os casos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Festivais - Soam as guitarras