Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Covid-19: Agricultores prontos para disponibilizar equipamentos de desinfeção

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 18 mar 2020 (Lusa) -- O presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa, disse hoje à Lusa que os agricultores estão prontos a disponibilizar os seus equipamentos de pulverização, de modo a ajudarem as autoridades a desinfetar espaços exteriores, combatendo a propagação do Covid-19.

"Lembrar que Ovar, [distrito de Aveiro], Beja e outras regiões estão a disponibilizar equipamentos de pulverização para ajudar as autoridades a fazer algumas desinfeções de áreas exteriores, ruas, jardins e edifícios", afirmou o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), em declarações à Lusa.

Porém, o responsável desta confederação agrícola ressalvou que o produto sanitário de desinfeção deverá ser distribuído aos agricultores pelas autoridades competentes, uma vez que estes não dispõem dos mesmos. 

"As autoridades sanitárias têm que dizer qual o produto adequado e a dose que deve ser aplicada", acrescentou.

Eduardo Oliveira e Sousa sublinhou ainda que a confederação já fez chegar esta proposta à ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, que a "acolheu favoravelmente".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 200 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.200 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 82.500 recuperaram da doença.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou quarta-feira o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que na terça-feira. O número de mortos no país subiu para dois.

Dos casos confirmados, 553 estão a recuperar em casa e 89 estão internados, 20 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

O boletim divulgado pela DGS assinala 5.067 casos suspeitos até quarta-feira, dos quais 351 aguardavam resultado laboratorial.

Das pessoas infetadas em Portugal, três recuperaram.

 

 

PE // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: País

Infeção pelo vírus 'monkeypox' em Portugal pode ser um surto

Os casos de infeção pelo vírus 'monkeypox', avançados em primeira mão pelo Porto Canal, confirmados em Portugal podem constituir um surto, mas não está "para já" identificada qualquer ligação entre eles para além do local onde foram detetados, disse hoje a infeciologista Margarida Tavares.

EXCLUSIVO.

Vírus 'monkeypox' chega a Portugal. DGS confirma pelo menos cinco casos e 20 suspeitos

O vírus 'monkeypox', a varíola dos macacos, chegou a Portugal e já há pelo cinco casos confirmados. O Porto Canal sabe que os doentes são todos homens e a situação está ser acompanhada pelas autoridades de saúde para se perceber a ligação entre os casos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Festivais - Soam as guitarras