Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Covid-19: Ministro das Finanças abre a porta a orçamento retificativo

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 18 mar 2020 (Lusa) - O ministro das Finanças, Mário Centeno, abriu hoje a porta a um Orçamento do Estado retificativo durante 2020, de forma a acomodar as medidas previstas pelo Governo de apoio à economia anunciadas no âmbito do combate ao surto de Covid-19.

"Não estamos em tempos normais, não estamos em tempo de pôr em causa a execução destas medidas e de outas que venham a ser necessárias, e os orçamentos retificativos servem exatamente para isso", disse Mário Centeno numa conferência de imprensa conjunta com o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

No entanto, Centeno ressalvou que o atual Orçamento do Estado, quando entrar em vigor, "tem um conjunto de mecanismos de adaptação que vão ser utilizados", e que quando esses mecanismos se esgotarem, "não há nenhuma questão que possa impedir" a apresentação de um orçamento retificativo.

O Governo anunciou hoje um conjunto de linhas de crédito para apoio à tesouraria das empresas no montante total de 3.000 milhões de euros, destinadas aos setores mais atingidos pela pandemia Covid-19.

Em conferência de imprensa conjunta dos Ministérios das Finanças e da Economia, transmitida 'online', o ministro da Economia anunciou um conjunto de linhas de crédito, garantidas pelo Estado, que alavancam em 3.000 milhões de euros o crédito às empresas.

Estas linhas de crédito têm um período de carência até ao final do ano e podem ser amortizadas em quatro anos, referiu Pedro Siza Vieira.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou na terça-feira o número de casos confirmados de infeção para 448, mais 117 do que na segunda-feira, dia em que se registou a primeira morte no país.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, convocou uma reunião do Conselho de Estado para hoje, para discutir a eventual decisão de decretar o estado de emergência.

JE/MPE/JNM // JNM

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Ministro do Ambiente alerta para ações que acarretam risco para incêndio e valoriza trabalho realizado pelos sapadores florestais

O Ministro do Ambiente e Ação Climática, Duarte Cordeiro, alertou na manhã desta sexta-feira, em declarações ao Porto Canal, para as ações que acarretam risco de incêndio num momento onde exige que toda a população tenha maiores cuidados. Além disso, Duarte Cordeiro não deixou passar em branco todo o trabalho feito pelos sapadores florestais num dia em que se encontrou, numa visita a Caminha, com os trabalhadores que combatem diariamente na prevenção e controlo de incêndios.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Festivais - Soam as guitarras