Info

Covid-19: Mais 107 casos na Coreia do Sul, número baixa pelo terceiro dia seguido

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Seul, 14 mar 2020 (Lusa) -- A Coreia do Sul anunciou hoje que identificou nas últimas 24 horas mais 107 pessoas infetadas pelo novo coronavírus, uma redução no número de casos diários pelo terceiro dia consecutivo.

Com as 107 novas infeções registadas na sexta-feira, três a menos que no dia anterior e o menor número em três semanas, o país asiático identificou até ao momento 8.086 casos.

Desses, 7.300 são casos ativos, com 714 pacientes a receberem alta hospitalar.

A Coreia do Sul registou ainda mais cinco mortes, elevando o total para 75 mortes.

Das 107 novas transmissões, a maioria, 68, foram identificadas no foco principal do país, localizado na cidade de Daegu e na província de Gyeongsang do Norte, que acumulam 88% de todos os casos nacionais, informaram as autoridades.

No entanto, ambas as áreas, com um total de cinco milhões de habitantes, têm registado uma redução significativa no número de novas infeções há vários dias.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.300 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 140 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 112 casos confirmados.

A OMS declarou que o epicentro da pandemia provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) se deslocou da China para Europa, onde se situa o segundo caso mais grave, o da Itália, que anunciou 250 novas mortes, um recorde em 24 horas, e que regista 1.266 vítimas fatais.

O número de infetados em Itália, onde foi decretada quarentena em todas as regiões, é agora superior a 17.600, cerca de 2.500 mais do que na quinta-feira e praticamente metade dos quase 35 mil casos confirmados na Europa, onde se registaram perto de 1.500 mortos.

JMC // JMC

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Alta-Comissária da ONU para os Direitos Humanos pede "libertação imediata" do PR do Burkina Faso

Genebra, 25 jan 2022 (Lusa) - A Alta-Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, apelou hoje à "libertação imediata" do Presidente do Burkina Faso, Roch Marc Christian Kaboré, deposto por um golpe militar este fim de semana.

Polícia britânica está a investigar "festas" durante pandemia em Downing Street

Londres, 25 jan 2022 (Lusa) - A polícia britânica anunciou hoje que está a investigar as presumíveis festas organizadas em Downing Street durante os períodos de confinamento impostos no âmbito da pandemia, situação que está a colocar sob forte pressão o primeiro-ministro Boris Johnson.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.