Covid-19: Feira do Livro Infantil de Bolonha cancelada

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Bolonha, Itália, 11 mar 2020 (Lusa) - A Feira do Livro Infantil de Bolonha, onde habitualmente estão presentes vários editores e autores portugueses, foi cancelada por causa do surto da doença Covid-19, revelou a organização.

A 57.ª edição da mais relevante feira dedicada à literatura e ilustração para os mais novos, tinha sido reagendada de 04 a 07 de maio, mas acabou por ser hoje cancelada.

Estava prevista a presença, entre outros, da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas e de editoras como Pato Lógico, Orfeu Negro e Planeta Tangerina.

A Feira do Livro Infantil de Bolonha, que congrega anualmente cerca de 30 mil profissionais, já só acontecerá de 12 a 15 de abril de 2021.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 118 mil casos de infeção em 114 países e mais de 4.200 mortes. 

Face ao avanço da epidemia, vários países têm adotado medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena inicialmente decretado pela China na zona do surto. 

A Itália é o caso mais grave depois da China, com mais de 10.000 infetados e pelo menos 631 mortos, o que levou o Governo a decretar a quarentena em todo o país.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (18), ao passar de 41 para 59.

A região Norte continua a registar o maior número de casos confirmados (36), seguida da Grande Lisboa (17) e das regiões Centro e do Algarve (três cada).

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou hoje a doença Covid-19 como pandemia.

SS // MAG

+ notícias: Mundo

Julho foi dos meses mais quentes jamais registados no mundo

O mês passado foi um dos julhos mais quentes jamais registados no mundo, indicou, esta terça-feira, a Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência especializada da Organização das Nações Unidas (ONU) com sede em Genebra.

China detecta 35 casos humanos de um novo vírus de origem animal

Um estudo científico revelou a deteção em duas províncias da China de 35 infeções em seres humanos de um novo vírus de origem animal, da família dos Henipavírus, informou esta terça-feira a imprensa estatal do país asiático.

Fornecimento de petróleo russo via Ucrânia foi interrompido

As entregas de petróleo russo a três países europeus através da Ucrânia foram interrompidas após a recusa de uma transação bancária ligada às sanções contra Moscovo, anunciou hoje a empresa russa responsável pelo transporte.