Info

Sérgio Conceição: "Valeu pelos três pontos"

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

O FC Porto é líder da Liga NOS, ainda que à condição, depois de receber e bater o Portimonense (1-0), no Estádio do Dragão, com um golo fantástico de Alex Telles aos 87 minutos. No final do encontro referente à 22.ª jornada do campeonato, Sérgio Conceição lamentou as oportunidades desperdiçadas pelos azuis e brancos, mas enalteceu os “três pontos importantes” conquistados frente aos algarvios.

O resumo do jogo
“Foi um jogo difícil, mas esperamos sempre adversários difíceis, que até mudam a dinâmica que costumam ter. Hoje, o Portimonense jogou de maneira um pouco diferente e, defensivamente, esteve sempre muito atento e muito consistente. Na primeira parte tivemos três ou quatro situações para fazer golo. Quando se faz um golo num jogo destes, as coisas ficam diferentes. Não entrámos bem na segunda parte e tentei mudar alguma coisa com as entradas do Nakajima e do Zé Luís. A partir daí, estivemos sempre em cima do adversário e tivemos situações em que devíamos ter definido melhor. O mérito é dos jogadores e contamos só connosco. É de louvar o caráter deste grupo de trabalho. São três pontos importantes, mas o mais importante é em maio estarmos no lugar em que estamos hoje.”

As substituições
“No início do jogo não se fala em frescura e isso nunca será uma desculpa da minha parte. O FC Porto está habituado a jogar de três em três dias. A variação defensiva do Portimonense é que nos limitou muito. Estávamos a utilizar bem a largura, mas faltava-nos jogo interior e foi por isso que lançámos o Nakajima. O Zé Luís é um jogador forte no jogo aéreo, tal como o Soares, e por isso tentei refrescar a frente de ataque. Faltou alguma mobilidade e ocupar melhor os espaços na zona central.”

O onze escolhido
“Olhamos para o jogo, para o adversário e para aquilo que o jogo nos pode dar. Escolhi aquele que achei ser o melhor onze e o melhor onze era este. Não olhamos para dois jogos de uma vez e pensamos sempre jogo a jogo. Estes onze que entraram de início eram os que me davam mais garantias para ganhar o jogo, mas não quer dizer que os outros não dessem. Aqui toda a gente é importante e os jogadores sabem disso. Quem entrou do banco, entrou bem. Somos um grupo, não são só onze jogadores.”

As decisões do VAR
“Não é normal o VAR intervir na situação do penálti sobre o Jackson Martínez e não fazer o mesmo num lance exatamente igual sobre o Zé Luís. Gostava de perceber qual é o critério, sinceramente.”

Muito campeonato para jogar
“Não creio que tivesse sido uma questão de ansiedade. A equipa quer muito ganhar e estar em primeiro em maio. É sempre melhor estar à frente, mas não dependemos só de nós. Ganhámos a uma equipa que nos deu imenso trabalho, mas no fim valeu pelos três pontos. Ainda faltam muitas jornadas e vamos continuar na luta. Sabemos que, com o decorrer do campeonato, vamos ter muitas dificuldades. Temos de estar muito juntos e muito unidos para conseguirmos festejar títulos em maio. Esse é o nosso foco.”

Veja aqui as declarações exclusivas do treinador azul e branco:

 

+ notícias: FC Porto

José Fernando Rio formalizou candidatura à presidência do FC Porto

José Fernando Rio é o candidato da lista C e formalizou a candidatura à presidência do FC Porto. A lista e o projeto serão apresentados na próxima sexta-feira.

Nuno Lobo entrega lista para as eleições à presidência do FC Porto

Nuno Lobo é o candidato da lista B à presidência do Futebol Clube do Porto e entregou lista completa de nomes que o acompanham às eleições para a presidência do FC Porto.

Jorge Nuno Pinto da Costa entrega nomes finais da lista à presidência do FC Porto

Os três candidatos à presidência do FC Porto entregaram os nomes finais que constam das listas. As eleições estão marcadas para seis e sete de junho. Jorge Nuno Pinto da Costa encabeça a lista A.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.