Info

CGTP: Corrente socialista apresenta candidato alternativo a Isabel Camarinha

| Política
Porto Canal com Lusa

Seixal, 14 fev 2020 (Lusa) -- A corrente sindical socialista da CGTP anunciou hoje que vai apresentar Fernando Gomes como candidato a secretário-geral da intersindical, por considerar que a candidata proposta pela comissão executiva, Isabel Camarinha, "levanta sérias preocupações" pela sua aproximação ao PCP.

"A fundamentação desta decisão dos sindicalistas socialistas é eminentemente político-sindical", afirma em comunicado a corrente socialista da CGTP, que propõe o nome de Fernando Gomes para líder da central sindical.

Segundo defendem, "a conhecida e assumida militância de Isabel Camarinha na corrente sindical do PCP levanta sérias preocupações de que, com a sua eleição, passe a existir ainda uma maior aproximação da CGTP-IN ao PCP".

Até agora, Isabel Camarinha era a única candidata ao cargo de secretária-geral da central sindical, proposta pela atual comissão executiva, para substituir Arménio Carlos.

AS eleições decorrem esta noite, após o encerramento dos trabalhos do XIV congresso da CGTP, que termina no sábado, no Seixal, distrito de Setúbal.

Os socialistas da CGTP defendem que a intersindical deve "alargar a sua base de implantação com mais sindicalização e reforço da organização".

"Esta estratégia implica que a independência sindical da CGTP-IN face aos partidos e as práticas de unidade e democracia sejam cada vez mais efetivadas e aprofundadas", sublinham os sindicalistas.

Os socialistas afirmam que Fernando Gomes "é um sindicalista experiente", lembrando que é membro do Conselho Nacional desde 1999 e da comissão executiva desde 2001.

Fernando Gomes é membro da direção do Sindicato dos Trabalhadores da Hotelaria, Turismo, Restauração e Similares do Sul e coordenador da Comissão de Trabalhadores do Grupo Pestana Pousadas.

DF/RRA // SR

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Rui Moreira absolvido no processo Selminho

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, foi hoje absolvido no processo Selminho, no qual estava acusado de prevaricação por favorecer a imobiliária da família, de que era sócio, em detrimento do município portuense.

Francisco Rodrigues dos Santos: "Apelo aos Portugueses que saibam que nenhum voto no CDS será desperdiçado" 

Francisco Rodrigues dos Santos, Presidente do CDS-PP, esteve na manhã desta sexta-feira, naquele que é o sexto dia de campanha eleitoral, no Mercado do Bolhão, no Porto, junto dos comerciantes e, em declarações à comunicação social, apela aos "Portugueses que saibam que nenhum voto no CDS será desperdiçado", referindo que "as pessoas que votarem no CDS podem ter a certeza que esses votos, esses deputados que elegemos, vão formar uma nova maioria direita contra António Costa e a extrema esquerda".

A caminho da decisão: Habitantes de Joane dividem-se entre o PS e o Chega

Os habitantes de Joane, freguesia de Vila Nova de Famalicão, mostraram-se, em declarações ao Porto Canal, dividos entre o PS e o Chega, sendo que nas últimas Legislativas em 2019 deram a vitória ao PS com 37,6%, com o PSD a perder votos, obtendo 31,6%. 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.