Incidente "terrorista" em Londres resulta em três feridos, um em perigo de vida

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Londres, 02 fev 2020 (Lusa) - A polícia de Londres informou que o incidente "relacionado com terrorismo" registado hoje num bairro da capital britânica, e que a fez abater um homem, resultou em três feridos, estando um em perigo de vida.

Segundo a polícia metropolitana, citada pela agência AP, um dos feridos está a ser tratado por ferimentos que o colocam em risco de vida.

Ao início da tarde de hoje, agentes da polícia londrina balearam mortalmente um homem, suspeito de estar envolvido numa cena de esfaqueamento decorrida numa rua de comércio do bairro de Streatham, no sul de Londres.

A polícia metropolitana declarou de imediato que o incidente violento está "relacionado com terrorismo".

Segundo testemunhas citadas pela AP, o homem estava vestido com o que parecia ser um colete parecido com os que são usados em ataques-suicida.

De acordo com a estação de televisão britânica BBC, várias testemunhas relataram ter ouvido dois tiros cerca das 14:00, hora a que a polícia indicou ter "abatido" o suspeito.

Após o alerta, vários veículos de emergência médica deslocaram-se rapidamente para a rua onde aconteceu o incidente, igualmente sobrevoada por helicópteros, segundo vídeos partilhados nas redes sociais e citados pela AP.

SBR (ALU) // JPS

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Johnson & Johnson suspende venda de pó de talco para bebés em todo o mundo em 2023

A Johnson & Johnson vai suspender em 2023 a venda do pó de talco para bebés em todo o mundo, após milhares de reclamações sobre a segurança do produto, suspenso já há dois anos nos Estados Unidos e Canadá.

Morreu o cartoonista francês Jean-Jacques Sempé, autor de "O Menino Nicolau"

O cartoonista francês Jean-Jacques Sempé, conhecido pelas suas ilustrações em "O Menino Nicolau" e pelos seus desenhos humorísticos nos jornais, morreu hoje aos 89 anos, confirmou a sua mulher, Martine Gossieaux Sempé, à agência de notícias AFP.

Julho foi dos meses mais quentes jamais registados no mundo

O mês passado foi um dos julhos mais quentes jamais registados no mundo, indicou, esta terça-feira, a Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência especializada da Organização das Nações Unidas (ONU) com sede em Genebra.