Info

FC Porto Fidelidade empata em Oliveira de Azeméis a cinco golos

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

O FC Porto Fidelidade completou a primeira volta do Campeonato Nacional de hóquei em patins com uma igualdade a cinco em casa da Oliveirense, num jogo frenético em que esteve a perder por três. O empate deixa ambas as formações com 29 pontos na classificação, a três do líder Óquei Clube de Barcelos.

O embate foi disputado a um ritmo muito elevado, com várias investidas perigosas de cada equipa à baliza contrária. Reinaldo García até pôs os Dragões na dianteira da partida logo ao minuto quatro, mas a reação dos anfitriões foi firme e, concluído o quarto de hora, o conjunto de Renato Garrido já vencia por 2-1 graças a Xavi Barroso e Marc Torra. Confiantes, os visitados alargaram distâncias: Jorge Silva e novamente Xavi Barroso proporcionaram o 4-1, antes de Gonçalo Alves, num livre direto, ter reduzido a desvantagem (4-2), registando-se dois golos de diferença ao intervalo.

Na segunda parte, à semelhança do que se tinha visto durante a metade inicial, os azuis e brancos marcaram cedo através de Gonçalo Alves (4-3), até que volvidos apenas dois minutos, já depois de Giulio Cocco ter estado perto de igualar posições no placar, Jorge Silva fez o 5-3. Mais tarde, Xavi Malián defendeu um penálti batido por Jordi Bargalló e de seguida foi Carlo Di Benedetto a devolver a esperança aos portistas (5-4). O inevitável Gonçalo Alves voltou a ser o protagonista e, com o hat-trick, trouxe o 5-5 ao minuto 47, tendo podido dar a vitória ao coletivo azul e branco a escassos segundo do fim.

O FC Porto Fidelidade volta a jogar já no próximo domingo, no Pavilhão Municipal de Monserrate, em Viana do Castelo. O desafio que marca o arranque da segunda volta frente ao Juventude de Viana tem início às 15h00.

FICHA DE JOGO

OLIVEIRENSE-FC PORTO FIDELIDADE, 5-5
Campeonato Nacional de Hóquei em Patins, 13.ª jornada
23 de janeiro de 2020
Pavilhão Dr. Salvador Machado, Oliveira de Azeméis

Árbitros: Ricardo Leão e Miguel Guilherme

OLIVEIRENSE: Nélson Filipe (g.r.), Xavi Barroso, Marc Torra, Jordi Bargalló e Jorge Silva
Suplentes: Xavier Puigbí (g.r.), Ricardo Barreiros (cap.), Vítor Hugo, Henrique Magalhães e João Almeida
Treinador: Renato Garrido

FC PORTO FIDELIDADE: Xavi Malián (g.r.), Reinaldo García (cap.), Rafa, Gonçalo Alves e Giulio Cocco
Suplentes: Tiago Rodrigues (g.r.), Andrés Castaño, Poka, Carlo Di Benedetto e Sergi Miras
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 4-2
Marcadores: Reinaldo García (4m); Xavi Barroso (7m, 23m); Marc Torra (15m); Jorge Silva (18m, 31m); Gonçalo Alves (23m, 29m, 47m); Carlo Di Benedetto (34m)

+ notícias: FC Porto

Alex Telles: “não era o resultado que queríamos"

“Não era o resultado que queríamos. Começámos bem o jogo, mas eles marcaram na primeira oportunidade e as coisas tornaram-se mais difíceis. Nunca desistimos, mas este jogo decidiu-se nos detalhes. Estamos tristes e fica o sabor amargo de sermos eliminados. Corremos riscos quando tínhamos de arriscar. Não podíamos ficar à espera para ver o que acontecia. Fomos ousados, mas não fomos eficazes. Agora é focar no campeonato e pensar no jogo com o Santa Clara, nos Açores. Caímos demasiado cedo, mas hoje em dia não há jogos fáceis. Estes jogos são de altíssimo nível. Infelizmente não conseguimos continuar na Liga Europa, mas no fim de semana temos mais uma oportunidade de voltar a ganhar.”

Pepe: "Infelizmente não conseguimos fazer mais golos, mas fica a entrega da equipa, que foi muito grande"

“A eliminatória tornou-se muito difícil quando sofremos o primeiro golo. A equipa tentou reagir, procurando a baliza adversária. Infelizmente não conseguimos fazer mais golos, mas fica a entrega da equipa, que foi muito grande. O FC Porto nunca joga fechado atrás e procura sempre a baliza contrária. Com as alterações, procurámos ainda mais o ataque e tentámos desequilibrar o adversário. A equipa lutou muito, mas eles foram muito eficazes. Hoje fomos eliminados, mas faz parte do futebol e agora temos de pensar no campeonato. Agora temos uma difícil deslocação aos Açores, mas vamos para ganhar.”

FC Porto perde frente ao Bayer Leverkusen por 3-1 e é eliminado da Liga Europa

O FC Porto perdeu, esta quinta-feira, frente ao Bayer Leverkusen por 3-1 na 2ª mão dos 16 avos de final da Liga Europa sendo assim eliminado da competição.

Atualizado 28-02-2020 15:44

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.