Info

Banco de Portugal retirou 8.923 notas contrafeitas de circulação no 2.º semestre

Banco de Portugal retirou 8.923 notas contrafeitas de circulação no 2.º semestre
| Economia
Porto Canal com Lusa

O Banco de Portugal (BdP) retirou 8.923 notas contrafeitas de circulação no segundo semestre, mais 1.496 do que no primeiro semestre, segundo dados hoje divulgados.

De acordo com a nota publicada no seu 'site', o BdP sinaliza, no entanto, que "o número de notas contrafeitas apreendidas continua a ser residual em relação à quantidade de notas em circulação".

O maior número de notas contrafeitas foi de 20 euros (3.279) e de 50 euros (3.228), tendo ainda sido apreendidas 188 notas de 100 euros, 1.469 notas de 200 euros e 260 de 500 euros.

Segundo o BdP, registou-se um incremento no número de contrafações de baixa qualidade apreendidas, "as quais podem ser facilmente identificadas utilizando o método 'Tocar -- Observar -- Inclinar'".

O regulador alerta, a propósito, que uma nota contrafeita não pode ser trocada por uma nota genuína e que "quem aceitar uma nota contrafeita como se de uma nota autêntica se tratasse não poderá recuperar o seu valor".

"Por essa razão, os utilizadores devem verificar as notas quando as recebem", indica, referindo que o Banco de Portugal, através da sua rede regional, disponibiliza formação, para diferentes públicos, sobre o conhecimento da nota de euro.

+ notícias: Economia

Boticas e Montalegre excluídas do concurso de pesquisa de lítio por já terem licenças

O Governo não vai avançar com concurso público para a pesquisa de lítio em Boticas e Montalegre, duas das nove áreas identificadas como tendo grande potencial, por já existirem licenças de prospeção atribuídas, adiantou hoje o ministro do Ambiente.

Exportações de componentes automóveis batem "recorde absoluto" em 2019

As exportações da indústria portuguesa de componentes para automóveis bateram um "novo recorde absoluto" em 2019, ao aumentarem 4,2% para 9.749 milhões de euros, divulgou, esta segunda-feira, a associação setorial.

PIB supera estimativa do Governo e cresce 2,0% em 2019

A economia portuguesa cresceu 2,0% em 2019, uma décima acima do estimado pelo Governo, de acordo com a divulgação dos números do Produto Interno Bruto (PIB) hoje feita pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.