Info

GNR apreende armas roubadas ao exército suíço

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa 24 jan 2020 (Lusa) - Um homem foi identificado pelo núcleo de investigação de Moimenta da Beira da GNR por posse de armas que tinham sido roubadas ao exército suíço e que estavam enterradas próximo da residência de dois arguidos detidos na Suíça.

Em comunicado, a GNR esclarece que, além das armas - seis espingardas -, apreendeu material de fardamento do exército suíço, 14 bicicletas de várias marcas, que tinham igualmente sido roubadas na Suíça e estavam espalhadas por diversas garagens e armazéns, e apreendeu ainda dois motociclos.

As diligências processuais levadas a cabo pelo Comando Territorial de Viseu tinham sido solicitadas pelas autoridades judiciais suíças.

"O suspeito foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Sátão", acrescenta a GNR.

SO // SB

Lusa/Fim

+ notícias: País

Covid-19: Médicos denunciam, nas redes sociais, casos suspeitos que não são analisados pela DGS

O Porto Canal apurou que há casos suspeitos de Covid-19 que não são analisados pela Direção Geral de Saúde. A denuncia parte dos próprios médicos nas redes sociais.

Covid-19: Análises negativas para 17.º caso suspeito em Portugal

As análises ao homem suspeito de infeção pelo novo coronavírus (COVID-19), que está internado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, deram negativo, avançou, esta quarta-feira, a Direção-Geral da Saúde.

Covid-19: Mulher suspeita de estar infetada não tem o coronavírus

A mulher proveniente de Milão, em Itália, que foi dada na segunda-feira como o 15.º caso suspeito de Covid-19 em Portugal, recebeu, esta terça-feira, informação de que não está contaminada, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.