Info

Luanda Leaks: Banco de Cabo Verde está a inspecionar BIC-CV há mais de um ano

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Praia, 22 jan 2020 (Lusa) - O Banco de Cabo Verde (BCV) anunciou hoje vai retirar "as devidas consequências" da inspeção em curso desde finais de 2018 ao banco BIC Cabo Verde (BIC-CV), participado pela empresária angolana Isabel dos Santos.

A posição consta de um comunicado do banco central cabo-verdiano na sequência da informação veiculada no âmbito da investigação do Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação (ICIJ), processo conhecido como 'Luanda Leaks', que aponta o BIC-CV como utilizado pela empresária em contratos com origem na China de origem duvidosa.

"O BCV vem acompanhando o Banco BIC Cabo Verde, desde a sua criação até à presente data, tendo a última inspeção sido feita em finais de 2018, a qual incidiu sobre o cumprimento das normas respeitantes à prevenção de lavagem de capitais e combate ao financiamento do terrorismo, processo inspetivo esse que corre ainda trâmites", lê-se no comunicado.

O documento acrescenta que "em função do desfecho do processo", o BCV "retirará as devidas consequências, nomeadamente em matéria prudencial e contraordenacional".

O BCV continuará atento às informações relacionadas com o Banco BIC Cabo Verde, ICAR [Instituição de Crédito de Autorização Restrita], visando tomar, em tempo, eventuais medidas que se revelarem necessárias", refere ainda o comunicado.

PVJ // LFS

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: Trump diz estar a avaliar retomar parcialmente contribuição para a OMS

O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse hoje que está a considerar retomar parcialmente a contribuição dos Estados Unidos para a Organização Mundial de Saúde (OMS), que suspendeu em abril.

Covid-19: Cabo Verde anuncia mais 16 casos na Praia e ultrapassa os 400

Praia, 29 mai 2020 (Lusa) -- Cabo Verde registou mais 16 casos de infeção pelo novo coronavírus, todos na cidade da Praia, após quatro dias sem resultados devido a um problema no laboratório, elevando o total para 406 casos da doença, anunciaram as autoridades.

Covid-19: França perto dos 150 mil casos confirmados desde o início da pandemia

Paris, 29 mai 2020 (Lusa) - A França registou 149.668 casos confirmados da covid-19 desde o início da pandemia, com 597 novos casos nas últimas 24 horas, segundo as autoridades do país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.