Info

Mortágua, Porto e Felgueiras regressam para a 54.ª edição do Rali de Portugal

Mortágua, Porto e Felgueiras regressam para a 54.ª edição do Rali de Portugal
| Desporto
Porto Canal com Lusa

Os regressos de Mortágua, Porto e Felgueiras constituem algumas das novidades para a edição deste ano do Rali de Portugal, sexta prova do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), revelou hoje o Automóvel Club de Portugal (ACP).

A 54.ª edição foi hoje apresentada em Lisboa e, além do regresso destes três troços, o ACP anunciou que a prova, a decorrer entre 21 e 24 de maio, terá mais quilómetros do que no ano passado, com uma extensão total de 1.582,25, contra os 1.463,55 de 2019.

Ao todo, serão disputados 330,98 ao cronómetro, divididos por 22 provas especiais de classificação (PEC), enquanto em 2019 foram 311,59, cumpridos em 20 PEC.

Em 21 de maio, primeiro dia da prova, o 'shakedown', que serve para os pilotos procederem a afinações finais, volta a ter lugar em Paredes, arrancando logo às 09:00, com a partida oficial, novamente da porta férrea da Universidade de Coimbra, agendada para as 20:30.

Para o dia 22, disputam-se as primeiras especiais da prova, na zona centro, primeiro com duas passagens por Lousã (1 e 4), Góis (2 e 5) e Arganil (3 e 6), seguindo depois o rali para norte, com o regresso de Mortágua (7), e fechando o primeiro dia em Lousada (8).

No sábado, estão previstas outras oito provas especiais, todas com duplas passagens, começando o dia em Vieira do Minho (9 e 12), Cabeceiras de Basto (10 e 13) e Amarante (11 e 14), para o Porto também marcar o seu regresso com a 'Porto Street Stage', um troço de apenas 1,93 quilómetros, que será cumprido duas vezes pelos concorrentes (15 e 16).

O último dia da prova, a decorrer no domingo, conta com mais seis troços, também a serem percorridos por duas vezes, destacando-se o regresso de Felgueiras (17 e 20), que abre o dia, seguindo-se Montim (18 e 21) e Fafe (19 e 22).

A segunda passagem por Fafe volta a ser disputada em formato de 'Power-Stage', com o aliciante de atribuir bonificações aos pilotos melhor classificados.

O Rali de Portugal é pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis, com os carros Rally1 (ex-WRC), e para o campeonato WRC2, com os carros Rally2 (ex-R5).

A etapa portuguesa do Mundial está integrada no Campeonato de Portugal de ralis e este ano conta ainda com a presença da Peugeot Rally Cup Ibérica, sendo a prova portuguesa a primeira do calendário desta competição, agora disputada com o novo Peugeot 208 Rally 4.

A 54.ª edição do Rali de Portugal, sexta etapa do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), decorre entre 21 e 24 de maio.

+ notícias: Desporto

Procuradoria Geral da República já andava 'em cima' da claque do Vitória Sport Clube

A Procuradoria Geral da República já tinha sobre vigia a claque do Vitória Sport Clube. No início de janeiro o Porto Canal acompanhou, em exclusivo, o trabalho da equipa de magistrados num jogo frente ao SL Benfica.

Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto não tem divulgado todas as decisões condenatórias conforme prevê a lei

A Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto não tem divulgado todas as decisões condenatórias conforme prevê a lei. O organismo responsabiliza a Comissão Nacional de proteção de dados, que contactada pelo Porto Canal diz que não existe qualquer troca de informações entre as entidades.

Conselho de Disciplina abre processo disciplinar ao Vitória de Guimarães

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje a abertura de um processo disciplinar ao Vitória de Guimarães, devido a insultos racistas ao futebolista maliano do FC Porto Moussa Marega.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.