Info

Marcelo diz estar a "carregar baterias" quando questionado sobre recandidatura

| Política
Porto Canal com Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa disse hoje estar a "carregar baterias" em Moçambique quando questionado sobre uma eventual recandidatura à Presidência da República portuguesa, deixando a resposta em aberto.

"Estou a carregar baterias em Moçambique, pode ser que isso ajude em termos também de Portugal", respondeu, à saída de um encontro com o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, no palácio da presidência em Maputo.

Marcelo Rebelo de Sousa encontra-se em Moçambique desde segunda-feira para uma visita de cinco dias centrada na tomada de posse de Nyusi para um segundo mandato, cerimónia agendada para quarta-feira.

"Quem está para tomar posse é o Presidente moçambicano. Vamos deixar cada coisa para seu momento", concluiu Marcelo.

Marcelo Rebelo de Sousa cumpre o primeiro mandato como Presidente da República, que termina em 2021.

+ notícias: Política

Descentralização: Dossiers da Saúde, Educação e Ação Social ficam adiados para 2022

O Governo garante que o processo de Descentralização não está suspenso. A ministra Alexandra Leitão diz apenas que nas áreas da Saúde, Educação e Ação Social na reforma é adiada para o primeiro trimestre de 2022.

PCP quer lançar a Regionalização já ou adiar até pelo menos 2025

O líder parlamentar do PCP defende que o debate agendado para hoje no parlamento é uma oportunidade para lançar a regionalização até 2021, sob o risco de ser adiada “por muitos anos”, até pelo menos 2025.

Governo deve adiar processo de Descentralização para 2022

O Governo deve adiar para 2022 a Descentralização nas áreas da Educação, Saúde e Ação Social por considerar que há diplomas que precisam de acertos, tal como já tinham pedido os autarcas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.